Ampliar imagem | Tamanho original
 “A única certeza que temos em relação à possibilidade de uma catástrofe, é que ela vai acontecer um dia”, afirmou o engenheiro Demétrio Alves, primeiro-secretário da Área Metropolitana de Lisboa (AML) na assinatura do protocolo com a OASRS para o lançamento do Concurso C.A.S.A pós-catástrofe (centro de apoio social e administrativo). Foi com esta certeza em mente que as duas instituições decidiram lançar um Concurso de Ideias destinado a conceber uma unidade polivalente com funções administrativas e sociais num cenário pós-catástrofe que considere a realidade e as condicionantes intrínsecas destas situações e que responda eficazmente a factores psicológicos e sociológicos associados à catástrofe, tais como a escassez de recursos, durabilidade, preço, transporte e sustentabilidade. O programa do concurso não considera uma localização específica, embora aponte para que seja implementado na área metropolitana de Lisboa, uma região composta por 18 concelhos, representando uma população de 3 milhões de pessoas, o equivalente um quarto da população portuguesa. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar