Ampliar imagem | Tamanho original
Há poucos prédios tão famosos como a Ópera de Sydney. A longa história por trás de seu projeto iniciou-se em 1956, quando o Governo de Nova Gales do Sul lançou um concurso para a concepção de duas salas de espetáculos, para ópera e concertos sinfônicos, que colocariam Sydney no mapa. O arquiteto dinamarquês Jørn Utzon era desconhecido por seu trabalho até então. Sua proposta para o concurso, que consistia em alguns croquis simples, intrigaram o famoso Eero Saarinen, um dos jurados. "Os desenhos enviados são simples a ponto de serem diagramáticos", observou o júri. "Entretanto, estamos convencidos de que eles apresentam um conceito de uma Ópera capaz de tornar-se um dos grandes edifícios do mundo." A construção da Ópera de Sydney começou em março de 1959, após a demolição do existente Fort Macquarie Tram Depot. O projeto foi construído em três fases: a fundação e construção do embasamento com vista ao porto de Sydney, a construção das cascas externas e do interior. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar