Ampliar imagem | Tamanho original
Um terreno inclinado na periferia de Linz, encontra-se no meio da natureza com vistas panorâmicas. O foco do projeto foi, portanto, relacionado com as presentes condições e girando em torno da ideia de cortar uma tira da "natureza selvagem" e a "cultivar". Assim como um pavilhão, o espaço habitável é estabelecido na parte superior do edifício - a transparência domina o espaço - especialmente para o jardim cortado. A fachada sul, está coberta por um sistema de sombreamento inteligente e de acionamento elétrico, que funciona como uma camada de filtragem que regula a quantidade de luz solar e a abertura para a rua. O sistema de proteção a partir de elementos de aço dobráveis e perfurados, funcionam de acordo com a necessidade do usuário e influenciam no aspecto da fachada. Os dormitórios estão situado abaixo do pavimento superior, mas continuam conectados ao jardim recortado, por um átrio com um corredor inclinado. A entrada ao térreo é conectada com a rua e o elevador. O primeiro pavimento contém um espaço de escritório e lavanderia. A fonte de luz, uma linha de janelas, que cobre toda a frente, funciona como um limite para os pavimentos superiores em balanço. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar