Ampliar imagem | Tamanho original
As sombras quase não deixam ver o único pilar central do edifício. A laje de cobertura parece se apoiar apenas nos caixilhos dos vidros alinhados ao seu perímetro irregular. A altura visível da laje é similar à altura livre do nível de entrada: dois metros e cinco centímetros versus dois metros e vinte centímetros, respectivamente. A massa de concreto armado aparente sobre uma retícula envidraçada. O edifício posiciona-se num desnível de três metros. Entra-se pela parte mais alta, onde os planos de vidro têm menos altura. A laje emoldura as montanhas ao fundo. Do lado oposto, na parte inferior do desnível, os planos transparentes descem até o solo, e definem o piso interior do edifício: um espelho d’água contínuo. A relação com o peso da laje se modifica. Uma retícula transparente que pousa sobre a água. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar