Ampliar imagem | Tamanho original
Realizado em parceira com a Casa do Povo, o quinto encontro do Projeto USINA 25 se propõe a pensar a dimensão política da atuação de arquitetos e urbanistas. Levando em conta as questões colocadas por Sérgio Ferro no célebre ensaio "O canteiro e o desenho" (publicado em 1976), pretende-se problematizar as potencialidades e as contradições do exercício profissional da Arquitetura e do Urbanismo num tipo específico de canteiro: o mutirão autogerido. Pela distância que tenta estabelecer em relação às formas de produção habituais, este tipo de canteiro permite a experimentação de relações de trabalho e formas arquitetônicas distintas na produção de habitação e espaços coletivos para os trabalhadores. Por outro lado, estas inovações são permanentemente tensionadas por circustâncias desfavoráveis que impõem a estas experiências uma série limites e contradições. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar