Ampliar imagem | Tamanho original
Zoetrope é o novo cinema de Blaye. Possui duas salas de 280 e 120 lugares, assim como uma cafeteria aberta na rua principal da cidade. O cinema pertence às autoridades municipais. Visível no estilo do cinema dos anos 1930 e 1950, quando esses lugares eram um espaço de vida e não de mero consumismo, seu programa reflete uma ambição pública: oferecer um espaço acolhedor e confortável, onde as pessoas possam passar um bom momento antes e depois do filme. Para existir na cidade, este cinema deve ser marcante, sua arquitetura deve ser singular. Cria-se um diálogo com a cidade, para iniciar uma cena cultural viva e cotidiana. O projeto é baseado numa analogia com a Zoetrope, uma máquina desenvolvida no século XIX por William Horner, que consiste num cilindro portador de imagem que gira sobre um eixo. A geometria do vestíbulo é construída a partir desta figura. O nome é também uma homenagem a Francis Ford Coppola e sua produtora, American Zoetrope. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar