Ampliar imagem | Tamanho original
Um programa pouco usual previa a reconversão de uma moradia num escritório de uma pequena empresa. Retificando a volumetria existente, criou-se um volume cinzento, compacto capaz de marcar presença numa zona habitacional caracterizada por torres dos anos 70.  A fachada desenhada como pequenas peças de um “puzzle” procura criar uma imagem abstrata que distancie a construção da sua imagem e uso original. No exterior, uma “malha” de pequenos quadrados constrói um brise-soleil que garante a privacidade dos gabinetes. No interior, espaços de trabalho e de circulação são diferenciados pela cor e pela materialidade: Os espaços de distribuição, em concreto, são caracterizados por uma quadrícula de lanternins aparentemente desorganizada que distribui a luz nas zonas de acesso, os espaços de trabalho, brancos, são delimitados por armários que “escondem” as caixilharias no seu interior. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar