Ampliar imagem | Tamanho original
O primeiro projeto do OMA no Canadá - a expansão do  Musée National des Beaux-Arts du Québec (MNBAQ) - atingiu seu ponto mais alto. Estendendo-se do Parc des Champs-de-Bataille à Grande-Allée, os três volumes empilhados da galeria assumiram sua silhueta definitiva na construção do museu, que tem conclusão prevista para 2016. Galerias permanentes e temporárias ocupam a metade inferior do museu, ao passo que o Pavilhão Charles-Baillairge assume a porção superior da estrutura, projetando-se em balanço sobre um grande hall externo de 14 metros de altura. Internamente, um grande elevador e uma escada em espiral, complementados pela escada externa em balanço, oferecem diversas alternativas de percurso que criam uma montagem sequencial de perspectivas para a cidade e o parque.  "Além da extensão do museu, nossa ambição era proporcionar uma extensão para a cidade e o parque", disse o sócio responsável pelo projeto, Shohei Shigematsu. "Como a topografia das colinas do entorno, as caixas das galerias e a cobertura acessível formam um 'deslizamento' que estende o museu em direção ao parque. As galerias pairam sobre o Grand Hall, que servirá como uma praça urbana para as funções públicas do museu." Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar