Ampliar imagem | Tamanho original
O apartamento de 300 m² foi adquirido recém reformado e tendo acabamentos e compartimentações dados, o trabalho restringia-se à sua ocupação. Os moradores, um retrato das novas configurações familiares, traziam além dos filhos das uniões anteriores, móveis e objetos acumulados ao longo da vida, os quais foram por nós catalogados e selecionados. O projeto indicou reutilização e reformas de alguns desses, especificou novo mobiliário proporcional à dimensão e usos dos novos ambientes e, principalmente, desenhou marcenarias especiais adequados ao cotidiano da nova casa. Como proposta, deslocamos alguns usos para novos ambientes. A sala de TV, que antes ocupava o que viria a ser o quarto de hóspedes, foi para o local destinado à sala de jantar, integrando-se assim ao cotidiano da casa. A sala de jantar foi integrada ao estar e passou a desfrutar da linda vista do terraço. Estas alterações foram acompanhadas de adequações nas instalações elétricas, um novo projeto de iluminação e o desenho das marcenarias que, além de servir de apoio aos novos usos, delimitaram os espaços e garantiram a integração entre eles, como é o caso da estante suspensa e vazada entre a sala de TV e a mesa de jantar. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar