Ampliar imagem | Tamanho original
Reforma em um apartamento num prédio dos anos 1950, em Higienópolis, para um jovem casal com um bebê. A oportunidade de interferir num apartamento de 60 anos de uso nos abriu a possibilidade de interpretar a planta da casa dos anos 50 com a sensibilidade da arquitetura do século XXI. Procuramos interferir no arranjo privativo do apartamento não através do expediente de abrir o espaço todo, mas modulando as visadas, criando frestas, estabelecendo níveis de sociabilidade distintos. Mantivemos a distribuição original dos cômodos e transformamos o hall dos quartos em banheiro, o quarto-de-empregada em closet e adicionamos uma pequena biblioteca. Alteramos a lógica de circulação, minimizando ao máximo o uso de corredores, vestíbulos e afins. A sala, o espaço central, é ponto de saída/entrada para todos os ambientes. Essa operação foi realizada de modo a criar uma série de espaços intercomunicantes de onde se percebe a simultaneidade das atividades da casa. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar