Ampliar imagem | Tamanho original
Na sequência do avanço dos projetos da Biblioteca, do Auditório e do Posto de Turismo - projetos da autoria do gabinete CG+LSC - tornou-se evidente a necessidade da concepção e do desenvolvimento dos arranjos exteriores que trarão definição, acessos e enquadramento a todos estes edifícios. Apesar do terreno onde estes edifícios se implantam ser em boa parte delimitado por vias e, portanto, perfeitamente autônomo, a verdade é que se relaciona estreitamente com os terrenos da Quinta do Aido que lhe estão contíguos. Na verdade, ambos integram uma extensa e muito visível encosta, a qual, com um novo arruamento e os edifícios que se estão a implantar ao longo do seu trajeto, necessitava de um tratamento urgente para dar à Vila de Cinfães uma mais qualificada urbanidade. O terreno onde se implanta o Posto de Turismo é o de uma quinta, virada a norte - como toda a Vila de Cinfães - que possui, simultaneamente, excelentes perspectivas sobre o vale do Douro e uma acidentada topografia. Por seu lado, o terreno da Quinta do Aido, é o prolongamento natural deste terreno a poente, com a agravante da topografia ser ainda mais complexa e movimentada, possuindo um "fundo de vale" estreito e abrupto que se prolonga por encostas de grande pendente, difícil acesso e densa vegetação.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar