Ampliar imagem | Tamanho original
Do arquiteto: O edifício do Palacete do Relógio, situado na praça do Cais do Sodré voltado para o rio Tejo, é um pequeno conjunto que inclui um relógio com a hora oficial e o palacete propriamente dito, construído no início do século XX, nos primeiros anos da Republica, para abrigar a sede administrativa do Porto de Lisboa. O edifício foi projetado tardiamente em estilo “Beaux Arts”. Após várias décadas de serviço, e após a transferência da Administração do Porto de Lisboa, este edifício permaneceu vários anos abandonado até se decidir, em meados da década passada por sua reabilitação a pretexto do arranjo de toda a área, para a instalação das Agências Europeias, projeto geral que ficou a cargo de Manuel Tainha. O Palacete assume no plano geral um lugar central na definição de uma nova praça virada ao Tejo, ficando do lado leste o conjunto da Agencia Europeia de Segurança Marítima a AESM, ou EMSA e, do lado oeste o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência o OEDT, ou EMCDDA. As principais funções programáticas do palacete, são espaços de apoio às duas agências, principalmente ao OEDT, tais como espaços técnicos, escritórios de trabalho e salas de reuniões, tendo especial destaque o restaurante/cantina instalado no último piso, e a sua cozinha nos pisos de baixo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar