Ampliar imagem | Tamanho original
Os locais escolhidos para a construção de hortas urbanas são cada vez mais surpreendentes, como o caso de uma horta feita em alguns abrigos da Segunda Guerra Mundial a 30 metros de profundidade do Metro de Londres. Em Tóquio, foram inaugurados cinco pomares construídos nas coberturas de edifícios, mas não qualquer edifício, mas nas estações de trem. Este caso se soma aos exemplos que ajudariam a reutilizar os espaços vazios através do cultivo e criar novos espaços verdes abertos para as pessoas nas cidades. Saiba como é possível ocupar estas hortas, a seguir. Enquanto os passageiros de cinco estações da Companhia Ferroviária do Leste do Japão (JR-EAST) estão nas plataformas, podem subir no telhado para ver as hortas e fazer da sua espera um momento mais agradável, podendo inclusive semear algumas hortaliças. Mas não apenas os passageiros podem entrar nas hortas, elas são abertas ao público em geral, uma vez que não é necessário comprar um bilhete de trem para acessá-las. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar