Ampliar imagem | Tamanho original
A primeira vista, o volume apresenta uma forma ambígua entre uma construção vernacular e uma intencional edificação moderna. Estabelecida em Casablanca Valley, no topo de uma colina, rodeada por vinhas e coroado por uma velha e retorcida árvore de algaroba, o edifício adota a solenidade de um antigo povoado. Dois enormes volumes brutos são separados por um equivalente volume vazio. O telhado, de uma forma monolítica piramidal, é cuidadosamente colocado na parte superior das paredes de concreto em camadas, conectando os dois corpos maciços. No grande terraço, a velha árvore de algaroba está exposta às vastas e infinitas vistas para o vale. Uma elipse de pedras e flores delimitam a paisagem próxima, de onde três plataformas de concreto emergem geometricamente. Os dormitórios são organizados em uma seqüência de espaços contrastantes, cada um oferecendo diferentes experiências e qualidades de luz. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar