Ampliar imagem | Tamanho original
Cortesia g+ Gualano+Gualano ArquitectosCortesia g+ Gualano+Gualano ArquitectosCortesia g+ Gualano+Gualano ArquitectosCortesia g+ Gualano+Gualano Arquitectos Pueblo Bolívar Esta pequena cidade no meio do nada, de 100 habitantes, teve a grande sorte de chamar-se Pueblo Bolívar, razão pela qual o Presidente Chávez em uma de suas visitas ao Uruguai –ao inteirar-se disto-  decidiu apoiar e colaborar com a cidade. E assim, surge este Centro cívico. Cortesia g+ Gualano+Gualano Arquitectos O pavilhão abriga um salão de uso múltiplo (assembléias, casamentos, palestras, etc), banheiros públicos, uma clinica e vestiários para uma quadra de futebol semi profissional e jogos para crianças. Pretende ser o novo centro da cidade, seu ponto de reunião. Cortesia g+ Gualano+Gualano Arquitectos Este edifício tem dois fortes pontos de partida. O programa e o lugar, lugar no sentido mais amplo, que tem as seguintes condicionantes: uma paisagem muito bonita; calmo; um ponto alto na cidade; ótimas vistas; uma quadra existente; mas, por outro lado é um local de gente bastante humilde, metade de adultos, e a outra de crianças, com poucos recursos. E por isso, com pouquíssima capacidade de conservação, muito dependente do governo local. E assim, a durabilidade e baixo custo de manutenção foram as premissas mais importantes. Edifício simples, austero. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar