Ampliar imagem | Tamanho original
© Nico Saieh© Nico Saieh© Nico Saieh© Guy Wenborne Os edifícios foram projetados como primeiros protótipos a fim de explorar três diferentes condições ao mesmo tempo. © Ana Maria Pincheira 1- Uma única massa como fachada (performance)  Os protótipos 1 e 2 (Costanera Lyon 1 e 2) foram desenvolvidos contrários à característica tipologia de edifícios de cortina de vidro. Logo, aplica-se uma estrutura como uma massa única de desenho simples, que permite que o edifício se aqueça ou se resfrie sem a necessidade de adicionar uma segunda pele ou sem o consumo muita energia. © Guy Wenborne 2- Processo projetual como fachada (evidência) O processo projetual do protótipo 1 (Costanera Lyon 1) foi interrompido por um pedido especial dos clientes. Eles queriam que o escritório da cobertura tivesse no topo uma área com piscina que apresentasse uma excelente vista. Este novo programa demandou mais metros quadrados de área. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar