Ampliar imagem | Tamanho original
Quando, na arquitetura, há um grande inconveniente que é resolvido, o restante não é tão importante. É o caso do terreno da Casa Niz que, em forma trapezoidal, apresenta uma frente muito estreita e o fundo muito largo. Além disso uma de suas faces, inclinada, rompe a geometria ortogonal da maioria das residências de tamanho similar. Ao estudar as possibilidades de partido, fica evidente que a intersecção do ângulo inclinado gera um desajuste espacial complicado de resolver, e é por isso que ali é colocada uma escada que permite que todo o restante ocupe seu lugar de maneira natural. Em seguida, continua-se com a geometria do ângulo reto, como muitas das casas do escritório, e também com os carros abaixo do homem. O terreno, com um desnível de quase um pavimento acima da rua, possibilita que com uma escavação mínima as garagens sejam localizadas no subsolo e, junto a isto, em conexão com a escada e áreas de serviço. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar