Ampliar imagem | Tamanho original
A Favela Nova Jaguaré é uma das ocupações irregulares mais antigas de São Paulo. Registros datam que as primeiras edificações foram construídas no início da década de 1960 sobre terreno destinado à implantação de área verde devido ao parcelamento da gleba promovido pela Companhia Imobiliária Jaguaré.  Tendo em vista sua localização e nível de precariedade da ocupação, a área foi objeto de várias propostas e intervenções por parte do poder público. Em especial a área do Setor 3 passou por dois processos de ocupação irregular, tendo sido o segundo ciclo de construções irregulares edificado sobre obras de contenção realizadas no início da década de 1990, o que acabou por resultar novamente em área desprovida de infraestrutura e em condição de risco iminente de deslizamento.  Neste sentido nossa proposta de intervenção se insere no planejamento das ações de urbanização como ação pontual para qualificação urbano-ambiental desse setor da comunidade, com o objetivo de resgatar o caráter público como premissa básica para o conceito do projeto em uma mudança de paradigma do local, caracterizado por sucessivos processos de ocupação e desconstrução, para uma nova condição de apropriação pública, simbólica, lúdica e aglutinadora.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar