Ampliar imagem | Tamanho original
Qualquer pessoa que tenha usado o metrô de Londres sabe que esta pode ser uma experiência sufocante - mesmo no inverno. Atualmente, todo o calor gerado no subsolo se perde, enquanto que as pessoas na superfície colocam seus aquecedores no máximo para aquecer suas casas. Isto fez com que o prefeito de Londres tivesse uma grande ideia: aproveitar o calor gerado pelo metrô para aquecer as casas e, ao mesmo tempo, diminuir em 60% as emissões de carbono da cidade. Como isso é possível? Continue lendo para saber. O plano foi criado através de uma colaboração entre o prefeito Boris Johnson, o Islington Council, a UK Power Networks e o Transport for London. O projeto busca desviar o calor subterrâneo através de uma grande chaminé de ventilação até uma "rede térmica" que se conecta a certos lugares da cidade. O esquema é o primeiro desse tipo na Europa e faz parte da iniciativa da prefeitura para reduzir as emissões de carbono da cidade. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar