Ampliar imagem | Tamanho original
Apesar de estar implantada num lote proporcionalmente grande, a construção teve a sua forma definida pelo pequeno triangulo de área edificada na entrada do lote, resultante da legislação local e do condomínio onde se encontra. Toda a área construída se encontra dentro deste triangulo, com a exceção do deck, que foi projetado como construção permeável. Essas restrições fizeram com que a casa ficasse muito exposta para a rua e isso foi tomado como partido para o projeto. A fachada voltada para a rua foi projetada para dar a impressão de que é toda fechada, com exceção da biblioteca e algumas pequenas aberturas no primeiro pavimento. A textura gráfica representa a integração da arquitetura com o terreno. A partir do solo, surge uma forma bem definida, com a textura orgânica das pedras encontradas no próprio terreno. Sobre essa pesada base, pousa levemente outro volume de textura racional. Nele estão contidos os quartos, e sua interação com a rua é regulada pelos grandes painéis de correr feitos de alumínio. Essa textura racional só é interrompida pelo grafismo desordenado da estante da biblioteca, que funciona como um muxarabiê. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar