Ampliar imagem | Tamanho original
Todo mundo conhece o incômodo que é mudar de casa, no entanto, os moradores de Kiruna, uma pequena cidade sueca de 18 mil habitantes, estão enfrentando uma tarefa um pouco mais difícil: mudar a cidade inteira.  Por mais de 100 anos, os habitantes de Kiruna desenvolveram o centro de sua cidade ao redor da maior mina de ferro do mundo, explorada pela companhia estatal Luossavaara-Kiirunavaara AB (LKAB). Em 2004, a LKAB comunicou que, para que as extrações de ferro continuassem, seria necessário realizar escavações ainda mais profundas, abalando o solo sobre o qual se localizam 3 mil casas, a Prefeitura da cidade, a estação de trens e uma igreja centenária. Em resposta, o Conselho Municipal decidiu relocar o centro inteiro da cidade duas milhas a leste.Saiba mais a seguir... As despesas da relocação serão pagas pela companhia, que calcula os gastos em mais de um bilhão de dólares - uma fração dos lucros da LKAB - contando a demolição dos edifícios condenados, a desmontagem e remontagem dos ícones locais e os novos projetos e construções. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar