Ampliar imagem | Tamanho original
Em 1957, no final de três décadas de prática arquitetônica intensa e, conquistada já, larga maturidade do processo de projetação, Rino Levi e sua equipe[1] têm a oportunidade de realizar um projeto completo de cidade: participa do concurso - obtendo o 3º lugar[2]- para o plano piloto da nova capital brasileira, uma cidade para 500 000 habitantes a ser localizada no planalto central do Brasil, junto ao lago Paranoá - construído artificialmente para criar condições ambientais mais amenas à árida região. A transferência da capital para o interior do país era um sonho acalentado desde a independência. Significava a possibilidade de um novo polo de desenvolvimento e de conquista de espaços internos e a consequente melhor articulação entre as diversas regiões distantes a partir de um eixo de encontro centralizado, a região centro-oeste. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar