Ampliar imagem | Tamanho original
Comecemos, então, essa homenagem pelos pioneiros, pelos que fizeram da Arquitetura Brasileira conhecida além mares. Selecionamos cinco obras de cinco importantes arquitetos. São elas: o Edifício Copan (1951-66), contruído em São Paulo, projeto emblemático de múltiplos usos em grande escala de Oscar Niemeyer; o Centro de Proteção Ambiental de Balbina (1968-89), no Amazonas, projetado por Severiano Porto, em que se destaca a extrema qualidade de uso de materiais e técnicas locais aliada a força de sua estética; a Rodoviária de Jaú (1973), de Vilanova Artigas, onde o arquiteto trabalha magistralmente a estrutura do edifício; o Sesc Pompéia (1977-86), de Lina Bo Bardi, como uma das obras mestras de intervenção patrimonial; e o Museu Brasileiro de Escultura –MuBE– (1986-95), de Paulo Mendes da Rocha, obra primorosa de harmonia entre cheios e vazios, peso e leveza. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar