Ampliar imagem | Tamanho original
Padrão e distorção, cheio e vazio, racionalidade e acaso, são palavras antagônicas usadas na tentativa de definição deste projeto. Esses conceitos, inicialmente opostos, ao participarem de uma realidade comum amplificam seu sentido e descobrem que o espaço existente entre eles, quando considerados isoladamente, juntos não existe. A abordagem mais consistente para projetar a Sede de Serviço de Emergências 112 de Extremadura em Mérida surge a partir do lugar: um lugar evocado e um lugar físico. O projeto implantado é compreendido entre espaços que apresentam um conjunto de dualidades. De um lado, lugares marcados pela estabilidade, peso, fixação, retenção. O programa visa a construção de três porções distintas: uma parede técnica habitável assume os usos de serviço do edifício ao mesmo tempo que separa as áreas ocupáveis da rua: sanitário, vestiários, controle, sala de segurança, sala fria..., mas também abriga as principais instalações do prédio, máquinas de ar condicionado ou geradores para os painéis solares e antenas de transmissão e recepção em sua cobertura. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar