Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. The Glass House

The Glass House: O mais recente de arquitetura e notícia

Em foco: Philip Johnson

15:00 - 8 Julho, 2019
Em foco: Philip Johnson, Courtesy of B. Pietro Filardo (Wikimedia user Bpfilardo) licensed under CC BY-SA 3.0
Courtesy of B. Pietro Filardo (Wikimedia user Bpfilardo) licensed under CC BY-SA 3.0

Hoje, celebramos o aniversário do primeiro laureado do Prêmio Pritzker de Arquitetura (1979) e vencedor da Gold Medal do Instituto Americano de Arquitetos, Philip Johnson (1906-2005). Johnson foi descrito pelo júri do Pritzker como alguém que "produziu contribuições consistentes e significativas para a humanidade e ambiente construído. Como crítico e historiador, defendeu as causas da arquitetura moderna e projetou alguns de seus maiores edifícios." 

Vídeo: The Glass House / Workshop “filming architecture”

12:00 - 5 Dezembro, 2014

Em um workshop piloto de três dias, alunos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie, em São Paulo, participaram de uma introdução à cinematografia da arquitetura. Seguindo leituras teóricas e técnicas e conduzidos pelos arquitetos Gabriel Kogan e Pedro Kok, o grupo passou um dia na Casa de Vidro, projeto da arquiteta Lina Bo Bardi em São Paulo.

A ideia era recriar uma icônica fotografia da arquiteta na casa – agora com imagens em movimento – explorando questões de representação, transparência, interior/exterior, promenades, modos de viver e a tectônica dessa obra prima da arquitetura.

Artista Fujiko Nakaya envolve em nevoeiro a Casa de Vidro de Philip Johnson

17:00 - 5 Junho, 2014
Artista Fujiko Nakaya envolve em nevoeiro a Casa de Vidro de Philip Johnson, © Richard Barnes
© Richard Barnes

Celebrando o 65° aniversário da icônica Casa de Vidro de Philip Johnson, a artista Fujiko Nakaya criou a primeira instalação artística site-specific no edifício. A obra, intitulada "Veil", envolve a casa em neblina durante 10 minutos a cada hora, criando um diálogo com as intenções de projeto de Johnson ao quebrar a conexão visual entre o interior e o exterior e revestir as linhas nítidas e claras da casa com um nevoeiro de indeterminação. Ao mesmo tempo, a instalação torna literal a ideia de Johnson de uma arquitetura que desaparece.

Mais informações a seguir.