Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais
  1. ArchDaily
  2. Silvana Rubino

Silvana Rubino: O mais recente de arquitetura e notícia

Da extinção do MinC ao debate arquitetônico: uma conversa com Silvana Rubino e Alfredo Manevy

Antes mesmo da nova presidente do IPHAN ser nomeada em maio de 2020, em conversa na Escola da Cidade no dia 05 de junho de 2019, na disciplina Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea, então coordenada pelo professor José Guilherme Pereira Leite, os professores convidados Silvana Rubino e Alfredo Manevy falaram sobre diversas problemáticas e contradições que norteiam a política cultural no Brasil partindo da extinção do Ministério da Cultura (MinC) e discutindo o rebatimento disso principalmente no campo da arquitetura e do urbanismo.

Palestra “Arquitetura e a questão de gênero: a mulher na arquitetura e na cidade”

Em outubro passado o Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo (SASP) promoveu o Encontro Estadual de Arquitetos, evento que reuniu profissionais de diversas áreas da arquitetura para debater sobre temas como mercado de trabalho, serviço público, docência e a questão do gênero na profissão.

Este último tópico contou com a contribuição de Silvana Rubino, cientista social e professora do IFCH da Unicamp, Paula Santoro, professora da FAU-USP e pesquisadora do tema, e Telmi Adame, estudante de Arquitetura e Urbanismo que articula o debate sobre gênero na Fenea, que compuseram a mesa Arquitetura e a questão de gênero: a mulher na arquitetura e na cidade.

Compartilhamos acima o vídeo dessa palestra, onde as participantes debatem essa questão relativamente recente na arquitetura - que em 2013 foi aquecida pela controversa recusa do Prêmio Pritzker em reconhecer retroativamente Denise Scott Brown como vencedora juntamente com Robert Venturi em 1991.

Lina por escrito / Silvana Rubino e Marina Grinover (org.)

Da editora. Primeira publicação dedicada aos textos da arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi (1914-1992), este livro revela a extraordinária capacidade que ela tinha de transformar seu universo criativo em palavras. Esta seleção de 33 textos reúne seus artigos publicados em periódicos e jornais diários, desde a década de 1940 até os anos 90, numa criteriosa seleção que traz a público o melhor de sua produção, muitas vezes esparsa ou inacessível.