1. ArchDaily
  2. Real Estate

Real Estate: O mais recente de arquitetura e notícia

Seriam os subúrbios as cidades do futuro?

Os subúrbios americanos—como os conhecemos hoje—estão mudando, e embora esta transformação já esteja em curso a algum tempo, sua situação foi decisivamente agravada pela corrente pandemia. Em um momento em que temos sido convidados a passar mais tempo em casa do que talvez gostaríamos, passamos a reavaliar nossas próprias prioridades e a questionar o nosso atual modo de vida. Como consequências disso, boa parte dos habitantes das grandes cidades nos Estados Unidos, a qual historicamente se concentra em áreas urbanas, está se deslocando para o interior de forma aparentemente definitiva. Por assim dizer, estamos testemunhando um recente fenômeno de esvaziamento dos grandes centros do país, com a população urbana deixando as cidades em em busca de melhores condições de vida, neste caso, mais espaço, privacidade e tranquilidade. Acontece que, com o passar dos anos, os subúrbios americanos caíram nas graças da classe média, transformando-se na principal vertente de expansão urbana no país.

Como comprar uma casa: conselhos antes de adquirir uma residência

O acesso à residência, tanto em compra, quanto aluguel com qualquer tipo de financiamento, costuma ser um dos investimentos econômicos mais importantes da vida das pessoas. É natural perguntar-se quais considerações são necessárias e é importante ter uma base de conhecimentos antes de agir.

A famosa Case Study House #21 de Pierre Koenig pode ser sua... pelo preço certo

Uma das casas mais emblemáticas do modernismo, a Case Study House 21 (Bailey House) de Pierre Koenig, está à venda. A residência, localizada em Hollywood Hills, foi considerada uma das melhores "Case Study Houses" pela revista Arts & Architecture Magazine e um dos poucos projetos verdadeiramente experimentais do programa, explorando desenho e materiais inovadores.

© Grant Mudford© Grant Mudford© Grant Mudford© Grant Mudford+ 21

A cidade de Nova York estaria "Atrasando" seu Futuro?

Um estudo recente realizado pela REBNY, Real Estate Board of New York (Conselho Imobiliário de Nova York) concluiu que, ao preservar 27,7% dos edifícios em Manhattan, "a cidade está evitando seu futuro econômico". REBNY vem desafiando a Comissão de Preservação de Monumentos, argumentando que isso tem muito poder quando se trata de decisões de planejamento, e que ao tornar os negócios tão difíceis para os investidores, sufoca-se o crescimento da cidade.

No entanto, três dias antes do lançamento deste estudo, o presidente da REBNY, Steve Spinola, disse em uma entrevista ao WNYC que "se você perguntar aos meus membros, eles dirão a você que [os doze anos de mandato do prefeito Bloomberg] tem sido um grande período para eles ". A conclusão da matéria citada é de que a última década tem sido realmente uma época de maior crescimento para os investidores, em vez de um período de estagnação.

Seria fácil ecoar a opinião de Simeon Bankoff, diretor-executivo do Conselho de Distritos Históricos, que acredita que as ações de REBNY reduzem-se a ganância, mesmo comparando seus membros a Gordon Gekko, o anti-herói do filme Wall Street. Mas é realmente a ganância o que está por trás deste ataque à Comissão de Preservação de Edifícios? Saiba mais a seguir.