Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Comentários da crítica: o Prêmio Pritzker 2017

O Prêmio Pritzker 2017 foi uma surpresa para muitos, concedido aos três fundadores do RCR Arquitectes, um modesto escritório espanhol localizado na pequena cidade de Olot, na Catalunha. Muitas pessoas e críticos compartilharam seu espanto com o fato de o prêmio ter sido entregue a três indivíduos pela primeira vez desde que o Prêmio Pritzker foi criado em 1979, incluindo a terceira vencedora mulher, e o relativo anonimato do RCR Arquitectes.

Conheça o trabalho do RCR Arquitectes, vencedores do Pritzker 2017, através de vídeos

O trabalho do escritório espanhol RCR Arquitectes, que acaba de receber o Prêmio Pritzker 2017, era, até então, pouco difundido no Brasil, restrito sobretudo à Europa e aos círculos acadêmicos. Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta mantêm seu escritório na pequena cidade de Olot, na região da Catalunha, há quase 30 anos, onde nasceram e estão construídas a maioria de suas obras. Como salientou o júri do Pritzker, uma de suas maiores qualidades é a de mostrar como os arquitetos podem ter "raízes firmes no local e os braços estendidos para o resto do mundo". Através da seleção de vídeos abaixo, é possível conhecer um pouco mais sobre a obra do escritório, e mais especificamente, apreciar a atmosfera de suas obras construídas.

Carme Pigem: "A sociedade deve ter consciência do valor da arquitetura"

A arquiteta Carme Pigem conversou com o jornal espanhol eldiario.es um dia após ser nomeada ganhadora do Prêmio Pritzker 2017, junto a seus sócios do escritório RCR Arquitectes. "Tem-se produzido uma arquitetura muito boa na Espanha e é realmente uma pena que a sociedade espanhola esteja à margem disso", lamenta Pigem na entrevista.

Prêmio Pritzker 2017: conheça o trabalho do RCR Arquitectes em 20 imagens

Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta foram nomeados ganhadores do Prêmio Pritzker 2017, se convertendo no primeiro trio de arquitetos reconhecidos pela premiação máxima da nossa disciplina.

Trabalhando juntos desde 1988 sob o nome de RCR Arquitectes, a equipe abordou uma ampla gama de tipologias em sua carreira e a maioria de suas obras estão em sua terra natal: Catalunha (Espanha). Nesta ocasião, te convidamos a conhecer o trabalho em 20 imagens que exemplificam o interesse particular dos arquitetos pelos detalhes e materialidade.

Alejandro Aravena: 'O desafio da arquitetura é sair da especificidade da resposta e abordar a inespecificidade da pergunta'

Apresentamos uma entrevista exclusiva com o vencedor do prêmio Pritzker 2016, Alejandro Aravena, publicada na edição número 31 da Revista AOA. Foi realizada pelo comitê editorial da Revista AOA -representado por Yves Besançon, Francisca Pulido e Tomás Swett- e acompanhado pelas fotografias de Álvaro González. A generosa disponibilidade e carinho de Aravena permitiu abordar questões profundas sobre seu pensamento e projeção arquitetônica, especialmente da Bienal de Veneza.

Ramon Vilalta, do RCR Arquitectes, fala sobre receber o Pritzker e as ambições após a premiação

Há dois dias atrás, o ArchDaily teve a honra de entrevistar Ramon Vilalta, um dos três arquitetos agraciado com o Prêmio Pritzker de 2017. Vilalta nos ofereceu uma perspectiva única sobre a história por trás de sua colaboração com Rafael Aranda e Carme Pigem, e como sua conexão com a sua pequena cidade natal Olot, na Espanha, influenciou uma carreira que tem produzido projetos excepcionais em seu escritório RCR Arquitectes.

Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta vencem o Prêmio Pritzker 2017

Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta foram nomeados os vencedores do Prêmio Pritzker 2017. Seus projetos destacam a materialidade e as técnicas construtivas - fazendo intenso uso da cor, transparências e luz - e abrangem uma ampla gama de programas, de museus e teatros a escolas e residências.

Quem são os RCR Arquitectes? 9 coisas que você deve saber sobre os vencedores do Prêmio Pritzker 2017

Hoje, o Pritzker, o prêmio mais importante da arquitetura, anunciou Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta, os três fundadores do escritório catalão RCR Arquitectes, como vencedores da edição de 2017. Como projetistas de uma arquitetura estilística e fisicamente local - o trabalho do RCR Arquitectes encontra-se principalmente na Catalunha, embora tenham desenvolvido recentemente projetos na França e na Bélgica - o escritório criou um forte perfil no nordeste da Espanha e uma espécie de culto entre os círculos acadêmicos em todo o mundo. No entanto, outros membros da comunidade arquitetônica se vêem forçados a procurar um mecanismo de busca mais próxima. Para essas pessoas, os seguintes 9 fatos ajudarão a obter as informações necessárias para entender aos mais novos ganhadores do Prêmio Pritzker de Arquitetura.

Prêmio Pritzker 2017 será anunciado amanhã: 01 de Março de 2017

O Prêmio Pritzker será anunciado nesta quarta-feira, 01 de março, ao meio-dia . A a mais prestigiada honraria da arquitetura mundial - vem sendo concedida anualmente desde 1979. Entre os laureados estão Paulo Mendes da Rocha, Alvaro Siza, Philip Johnson, Zaha Hadid, Rem Koolhaas, Oscar Niemeyer, Norman Foster, Toyo Ito e mais recentemente Alejandro Aravena (veja a lista completa).

Prêmio Pritzker 2017: Quando será anunciado e quem deverá vencer?

ATUALIZAÇÃO: O Prêmio Pritzker de Arquitetura divulgou em sua página oficial que o/a vencedor/a deste ano será anunciado/a no dia 1 de março, quarta-feira de cinzas, às 13h (horário de Brasília).

Falta pouco para começar 2017 e com a chegada do ano novo vem a especulação sobre quem será o próximo vencedor do Prêmio Pritzker? O júri escolherá um membro influente da "velha guarda", como fizeram em 2015, quando concederam o prêmio ao falecido Frei Otto? Ou reconhecerão a um jovem arquiteto que está redefinindo a profissão, como eles fizeram quando eles selecionaram Alejandro Aravena no início deste ano? Ou, ainda, poderá ser escolhido um arquiteto mais dedicado aos volumes inovadoras, ou mais uma vez reconhecerão o papel do impacto social, como fizeram ao escolher Aravena e Shigeru Ban em 2014? Será que o prêmio vai para um arquiteto ou para dois ou para um escritório, como aconteceu em 2010, quando SANAA foi o escritório escolhido?

Smiljan Radić e seu processo de projeto

Em uma entrevista realizada pela Urban Next, o arquiteto Smiljan Radić conta sobre seu processo de projeto, o papel de suas maquetes de estudo, as experimentações e o valor que as maquetes adquirem por si mesmas. Um trabalho de pesquisa que busca mais uma resolução material e construtiva que uma resolução formal.

20 casos de gentrificação documentados para conhecer, analisar e debater

Como fenômeno de transformação urbana, o conceito de gentrificação ganhou uma grande força nos últimos anos, saindo das discussões acadêmicas e alcançando, inclusive, os meios massivos de comunicação que simplificaram sua definição. Na sequência, como uma verdadeira caça as bruxas, parece que todos somos, ao mesmo tempo, gentrificadores e gentrificados. 

Alejandro Aravena, um dos 28 gênios criativos de 2016, segundo o New York Times

O arquiteto chileno vencedor do Prêmio Pritzker de 2016 Alejandro Aravena foi escogido como um dos 28 'gênios criativos' de 2016 pelo jornal New York Times, em uma seleção que inclui personalidades como a primeira dama Michelle Obama, a cantora Lady Gaga, o fotógrafo William Eggleston e o designer Junya Watanabe.

Os melhores projetos do mundo em 2016 (sem excluir América Latina, África e Ásia)

Sabemos que a história é escrita por aqueles que vencem e impõem seu próprio relato. Também sabemos que o relato do ocidente é o da Europa e Estados Unidos, enquanto o resto dos atores são minimizados ou inviabilizados; chineses e japoneses durante a Segunda Guerra Mundial; com o Império Otomano na Europa do século XVI e com as maiorias raciais na leitura da independência latino-americana. O mesmo ocorre com a arquitetura.

Experiência de construção em madeira em Valparaíso: estruturas estáveis de curvatura dupla a partir da linha reta

A equipe de ateliês do primeiro ano da Universidade Técnica Federico Santa Maria (Valparaiso, Chile) convidou novamente a arquiteta Verónica Arcos para realizar a terceira versão do módulo de materialidade. Esta oficina de três semanas, é a continuação do trabalho realizado na versão do ano anterior, onde estudou-se a obra do arquiteto Félix Candela.

[Novas datas] : Convocatórias abertas para a XX Bienal de Arquitetura e Urbanismo do Chile 2017

Colegio de Arquitectos de Chile e a equipe curatorial da XX Bienal de Arquitetura e Urbanismo do Chile convidam profissionais de todo o mundo para participarem de sua Mostra Principal, que será realizada pelo segundo ano consecutivo no Parque Cultural de Valparaíso. Como uma maneira de aspirar a ser uma bienal aberta à cidadania e não fechada em seu claustro disciplinar, a Bienal tem o nome de “Diálogos Impostergáveis”, e, de maneira inédita, terá um espaço para apresentar casos de estudo que surgiram desde vontades populares:

Galeria de Arte Patricia Ready / Izquierdo Lehmann + elton_léniz

Memorial explicativo

Em foco: Alejandro Aravena

Como fundador do "do tank" Elemental, o arquiteto chileno Alejandro Aravena (nascido no dia 22 de junho de 1967) talvez seja o arquiteto mais socialmente engajado a receber o Prêmio Pritzker recentemente. Distanciando-se de uma abordagem puramente estética, Aravena explica: "não achamos que somos artistas. Arquitetos gostam de construir coisas que são únicas. Mas se algo é único, ele não pode ser replicado, então, em termos de servir muitas pessoas em muitos lugares, o valor é próximo a zero."[1] Para Aravena, o principal objetivo do arquiteto é melhorar o modo de vida das pessoas ao abordar tanto as necessidades sociais e desejos humanos, como as questões políticas, econômicas e ambientais.