1. ArchDaily
  2. Natural Disaster

Natural Disaster: O mais recente de arquitetura e notícia

A crise climática está devastando os EUA: por que continuamos construindo com combustíveis fósseis?

Em agosto deste ano, enquanto centenas de incêndios florestais escureciam o céu acima de minha casa em Corte Madera, Califórnia, a milhares de quilômetros de distância, na Flórida, minha família se preparou para o vento e as inundações quando dois furacões atingiram o Golfo do México. Todos nós esperávamos, ansiosos, enquanto os desastres causados pela mudança climática causavam estragos. Durante semanas, a qualidade do ar na Califórnia era muito perigosa para abrirmos nossas janelas ou sairmos. Em Pensacola, a tempestade do Golfo atingiu vários metros de profundidade ao redor da casa da minha família e os fortes ventos derrubaram carvalhos maduros do quintal.

BIG U: Espaços comunitários que servem como barreiras de inundação em Nova Iorque

Em 2012, o furacão Sandy atingiu a costa leste dos Estados Unidos e causou estragos sem precedentes em Nova Iorque. A tempestade trouxe uma quantidade assustadora de água para as ruas, túneis e metrôs da cidade; o National Ocean Service relatou um aumento do nível de água de quase três metros no Battery Park. Muitas infraestruturas foram danificadas em diversas regiões, casas foram inundadas e pessoas ficaram ilhadas.

Architecture for Humanity anuncia o término das iniciativas no Haiti

A Architecture for Humanity anunciou a conclusão de seu programa no Haiti para janeiro de 2015. A organização, com sede em San Francisco, estabeleceu escritórios em Porto Príncipe em março de 2010 para ajudar as comunidades locais após o terremoto de 2010. Em quase cinco anos no país, a organização concluiu cerca de 50 projetos - incluindo casas, clínicas médicas, escritórios e 13 edifícios - através de sua Haiti School Initiative. Seus trabalhos afetaram positivamente a vida de mais de um milhão de haitianos, com suas escolas proporcionando infraestrutura para mais de 18 mil alunos.

Saiba mais sobre o fim do programa do Architecture for Humanity no Haiti e veja algumas imagens de suas escolas concluídas.

École Elie Dubois. Cortesia de Architecture for HumanityÉcole La Dignité. Cortesia de Architecture for HumanitySt. Louis de Gonzague Chemisry & Physics Building. Cortesia de Architecture for HumanityÉcole Ceverine. Cortesia de Architecture for Humanity+ 22

Fundação Rockefeller dá início ao seu "100 Resilient Cities Challenge"

A Fundação Rockefeller deu início ao seu 2014 100 Resilient Cities Challenge, que visa ajudar a "desenvolver resiliência para os desafios sociais, econômicos e físicos que as cidades enfrentam no mundo cada vez mais urbanizado." Cada uma das 100 cidades selecionadas receberá fundos para contratar um Diretor de Resiliência e assistência no desenvolvimento e implementação de uma estratégia de resiliência.

“Não podemos prever as próximas perturbações ou catástrofes. Mas podemos controlar como respondemos a esses desafios. Podemos nos adaptar aos choques e tensões de nosso mundo e transformá-las em oportunidades de crescimento", lê-se na página do 100 Resilient Cities. O Desafio pretende ajudar as cidades a se prepararem melhor para esses eventos adversos, podendo servir sua população nos momentos bons e ruins.

Saiba mais sobre o desafio, a seguir.