1. ArchDaily
  2. Impressão 3 D

Impressão 3 D: O mais recente de arquitetura e notícia

Cápsulas construídas com impressão 3D podem abrigar moradores de rua em Nova Iorque

A carência de abrigos para pessoas em situação de rua é uma realidade em praticamente todas as grandes metrópoles do mundo. A cidade de Nova Iorque, ao contrário do que parece, vive uma situação alarmante, o número de desabrigados bateu recordes desde a Grande Depressão da década de 1930. As mais de 60 mil vagas em abrigos municipais são completamente ocupadas todos as noites, mas há ainda um grande número de pessoas que são obrigadas a encontrar um lugar para dormir na rua, no metrô ou em outros espaços públicos. O progressivo aumento dos aluguéis é resultado direto da especulação imobiliária sem controle, a qual é responsável também por criar uma demanda desvairada pelos poucos terrenos disponíveis na cidade; Embora não haja uma real demanda social, apartamentos de luxo representam a maioria das novas construções na cidade de Nova Iorque, enquanto que a produção de moradias populares, tão desesperadamente necessária, é deixada de lado. Como resultado disso, milhares de pessoas são forçadas a viver nas ruas ou amontoar-se nas escassas instituições de caridade que trabalham arduamente todos os dias para poder abrigar a todos.

Arte publica por Viktor Miller-Gausa. Imagem cortesia de FramlabCortesia de FramlabCortesia de FramlabCortesia de Framlab+ 20

5 carreiras emergentes em tecnologia de arquitetura para prestar atenção a partir de 2018

Mesmo com tecnologias como a realidade virtual, realidade aumentada, impressão 3D, design computacional e robótica já reformulando a prática de arquitetura, a comunidade de projeto está apenas riscando a superfície do potencial dekas. Projetistas que reconhecem isso e investem na construção de habilidades e experiência para maximizar o uso dessas ferramentas no futuro se tornarão inerentemente melhores arquitetos e posicionando-se aos novos caminhos da carreira à medida que nossa profissão evolui. Mesmo há apenas uma década atrás, os projetistas com interesses em arquitetura e tecnologia eram essencialmente obrigados a prosseguir em um ou outro campo. Agora, com a arquitetura começando a aproveitar o poder das tecnologias de ponta, esses campos não são mais mutuamente exclusivos.

Com muitos escritos sobre como a tecnologia está mudando a maneira como os arquitetos trabalham e os produtos que podemos oferecer aos clientes durante o ciclo de vida de um projeto, houve menos foco em como a tecnologia está mudando as oportunidades de carreiras na área. Os escritórios de arquitetura estão agora contratando para cargos que não existiam, mesmo há três anos atrás. Aqui está uma visão em cinco modelos de carreiras emergentes que a tecnologia tornará possível em 2018 e no futuro imediato.

Copypod 3D / People's Architecture Office

30 Projetos emblemáticos representados em um único objeto 3D

Cortesia de Fumio Matsumoto
Cortesia de Fumio Matsumoto

Arquiteto e Professor de Projeto da Universidade de Tóquio, Fumio Matsumoto reuniu mais de 30 edifícios icônicos em um único objeto feito com impressão 3D, chamado "Memories of Architecture". Fachadas, formas exteriores, espaços internos e estruturas de obras significativas foram reproduzidas em escala 1: 300 e mescladas.

Cortesia de Fumio MatsumotoCortesia de Fumio MatsumotoCortesia de Fumio MatsumotoCortesia de Fumio Matsumoto+ 25

Workshop "Maya para Arquitetos: Projeto Digital"

O curso, inédito no Brasil, tem como objetivo fornecer instrumentação e apresentar novas metodologias para o desenvolvimento de projetos de arquitetura, urbanismo e design. Utilizaremos as tecnologias mais recentes, tendo como base fundamental o Autodesk Maya e também as suas interseções com outros softwares de modelagem tridimensional e pós-produção.

O curso oferecerá aos participantes as ferramentas necessárias para desenvolver novas metodologias de projeto e fluxos de trabalho utilizando o Autodesk Maya como software principal de modelagem. Serão abordados os conceitos sobre as formas de projetar na Era Digital, incluindo as principais correntes, como o Parametricismo e o Design Biodigital. Os participantes

Estúdio holandês usa impressora 3D para criar bancos com lixo plástico

As aplicações da tecnologia 3D são tão diversas que fica até difícil acompanhar tantas novidades. Nos Países Baixos, por exemplo, estão aproveitando resíduos de sacos plásticos para criar móveis e o melhor é que, ao invés de artigos de luxo vendidos em galerias de design, a ideia é que as peças sejam levadas para as ruas.

© The New Raw/Divulgação, via CicloVivo© The New Raw/Divulgação, via CicloVivo© The New Raw/Divulgação, via CicloVivo© The New Raw/Divulgação, via CicloVivo+ 10

Esta impressora 3D projetada especialmente para arquitetos é muito fácil de usar

Você, por acaso,já passou horas calibrando o bocal de uma impressora 3D ou preparando um arquivo para impressão, para depois descobrir que o modelo deu errado devido a uma parede sem espessura? Com isso em mente, a Platonics Ark - uma impressora 3D atualmente em desenvolvimento em Helsinque, na Finlândia - tem um objetivo simples: remover todos os processos desnecessários de configuração e técnica por meio de automação inteligente e, assim, reduzir muito o tempo que arquitetos e designers passam calibrando as impressoras ou ajustando os arquivos para exportar.

© Platonics© Platonics© Platonics© Platonics+ 9

Passarela de pedestres é construída sem a necessidade de ferragens

Inspirado na ponte autoportante de Leonardo da Vinci, o arquiteto Diego Poblete desenvolveu uma estrutura montada em menos de 15 minutos e que, segundo o estudo, poderia suportar cerca de 500 kg. Concentrando-se no objetivo de solucionar problemas de conectividade em localidades rurais, Poblete desenvolve um sistema de peças de madeira que são montadas entre si sem usar um só parafuso, otimizando o uso de recursos e facilitando sua construção.

Com isso podemos facilitar o trajeto das crianças à escola em bairros rurais, em áreas onde os caminhos são interrompidos por rios e córregos. Além disso, uma vez que a estrutura tenha cumprido sua vida útil, as peças podem ser facilmente substituídas por outras novas, ainda que a madeira, sendo um material natural, possa ser reutilizada ou reciclada. Desta forma, a ponte de pedestres é também uma solução amigável ao meio ambiente.

O projeto nasce do trabalho de graduação do arquiteto como uma passarela e baseada em módulos que podem ser replicados para abranger tramos maiores, sendo sua principal vantagem a não utilização de pregos e parafusos, utilizando a tradicional técnica de encaixes de madeira.

Arup desenvolve moldes impressos em 3D acessíveis para elementos estruturais complexos de aço

A pesquisa da Arup sobre técnicas e materiais de produção alternativos tem focado no potencial da impressão 3D de metais no setor da construção. Elementos estruturais de aço complexos e projetados individualmente podem ser produzidos eficientemente", resultando em infinitas possibilidades de personalização em massa, redução de peso, integração de produtos e muito mais".

Trabalhando com a empresa anglo-holandesa 3Dealise, seus moldes impressos em 3D são usados no processo de fundição tradicional para criar nós estruturais de aço sofisticados e únicos como um material certificado. A impressão em areia oferece uma técnica rápida que pode reutilizar os materiais e permite que os custos sejam mantidos baixos.

Protótipo de abóbada de pedra feito com nenhum desperdício de materiais

O New Fundamentals Research Group, sediado na Itália, recentemente criou e construiu um protótipo em grande escala de uma estrutura abobadada experimental de pedra para a SNBR, uma empresa francesa especializada em construção de ponta com pedras. A estrutura é chamada Hypar Vault em uma referência à geometria de seus blocos constituintes e utiliza dois tipos de módulos de pedra pré-fabricados - um é a imagem espelhada do outro - cujos desenhos são baseados no hypar (paraboloide hiperbólico), uma das únicas superfícies "geometricamente duplas". O uso dessas configurações permitiu que a abóbada fosse construída com pedras e quase nenhum resíduo.

© Maurizio Barberio© Giuseppe Scaltrito© Maurizio Barberio© Maurizio Barberio+ 29

Plugin do Sketchup para projetar estruturas de garrafas plásticas e conexões impressas em 3D

As capacidades da impressão e fabricação 3D pessoais estão apenas começando a ser testadas, mas um novo sistema está empurrando os limites para estruturas de grande escala mais viáveis. Ao contrário de outras estruturas criadas por sistemas de impressão em 3D, a Trussfab não requer acesso a equipamentos especializados ou conhecimentos específicos de engenharia, para imprimir e construir estruturas em grande escala capazes de suportar o peso humano. O pesquisador de doutorado Robert Kovacs com sua equipe do Laboratório de Interação de Computadores Humanos no Instituto Hasso Plattner em Potsdam, na Alemanha, criou o Trussfab como um sistema de integral que permite aos usuários fabricarem estruturas robustas e em larga escala usando garrafas plásticas e conexões impressas em 3D, tornando-os fáceis e relativamente rápidos de construir.

Uma visão detalhada da construção do Pavilhão CHI'17. Imagem © Stephanie NeubertPavilhão na CHI'17. Imagem © Ludwig Wilhem WallUm hub impresso em 3D com números de identificação em relevo. Imagem © Hasso Plattner InstituteModelo digital do CHI'17 Pavilion no editor Trussfab no Sketchup. Imagem © Robert Kovacs and Oanh Lisa Nyugen Xuan+ 13

Aura Pendant: Joias de ouro feitas a partir das emoções das pessoas

O Estudio Guto Requena, em colaboração com o estúdio D3, lançou um aplicativo que coleta emoções para criar, através de impressão 3D, uma joia única para cada pessoa. Batizado de Aura Pendant, o produto final é um pingente dourado de geometria complexa que pode ser dado a quem você ama.

Cortesia de © 2016 Estudio Guto RequenaCortesia de © 2016 Estudio Guto RequenaCortesia de © 2016 Estudio Guto RequenaCortesia de © 2016 Estudio Guto Requena+ 10

Guia de arquitetura de Madri: 20 lugares que todo arquiteto deveria conhecer

É impossível resumir Madri. Se a cidade em si é imensa, os exemplos de arquitetura de qualidade são arrebatadores. Há mais de meio século Madri tem sido o laboratório de experimentação da arquitetura moderna e contemporânea na Espanha, um lugar em que serviu de palco para a construção de arquiteturas experimentais e inovadoras, muitas das quais fracassadas, mas algumas muito bem sucedidas e reconhecidas. Esta seleção busca mostrar exemplos de obras de qualidade inquestionável, sem, no entanto, se tornar um catálogo exaustivo de projetos. Muitos criticam que faltam grandes edifícios e não poderíamos estar mais de acordo. Essa é, quiçá, a beleza de Madri: há diversidade de opiniões e milhares de locais para conhecer; a cidade surpreende a cada passo.

Poblado Dirigido de Caño RotoHipódromo de la Zarzuela. Imagem © Ana AmadoCiudad BBVA. Imagem © Joel FilipePrimer Puente impreso en 3D del mundo. Image Cortesía de IAAC+ 21

Zaha Hadid Architects divulga nova estrutura experimental feita com impressão 3D

© Luke Hayes
© Luke Hayes

O escritório Zaha Hadid Architects divulgou uma nova estrutura experimental como parte da exposição White In The City, que integrou o Salone del Mobile. Realizada na Accademia di Belle Arti di Brera, no coração do distrito de design de Milão, a exposição explorou o uso contemporâneo da cor branca no design e arquitetura em diversos locais da cidade. Intitulada Thallus - palavra grega para planta que não diferencia caule e folhas - a escultura é a mais recente investigação do escritório na área da tecnologia de impressão 3D. Thallus dá seguimento às pesquisas da área de design computacional realizadas realizadas pelo escritório Zaha Hadid Architects.

© Luke Hayes© Luke Hayes© Luke Hayes© Luke Hayes+ 17

Umea University desenvolve impressora 3D flexível e de baixo custo

Sliperiet, Umeå Arts Campus desenvolveu um novo tipo de impressora 3D que apresenta maior flexibilidade de impressão a um custo menor. Chamada de Hangprinter, o sistema é suspenso por uma série de linhas de pesca finas, não requerendo de um quadro ou trilhos, mas podendo ser anexado a qualquer superfície estável como, por exemplo, um teto.

Parte da iniciativa de inovação + Project, a Hangprinter está em processo de construir uma "Torre de Babel", um projeto que atualmente mede quase três metros e meio de altura, tornando-se o objeto mais alto que o sistema fez , "que é muito mais alto do que o escopo de qualquer impressora de grande formato comercialmente disponível".

Inventado por Torbjørn Ludvigsen, que iniciou o projeto enquanto estudante na Universidade de Umeå, o projeto da Hangprinter foi originalmente formulado para reduzir custos. "O quadro ou caixa era quase metade do custo final da impressora 3D, e eu pensei que eu poderia fazer sem ele", disse Ludvigsen. Hangprinter pode ser montado por cerca de 200 Euros.

© Linnéa Therese Dimitriou© Linnéa Therese Dimitriou© Linnéa Therese Dimitriou© Linnéa Therese Dimitriou+ 4

Foster + Partners é premiado em concurso da NASA para construir em Marte

NASA anunciou a conclusão da fase inicial do 3D Printed Habitat Challenge, premiando Foster + Partners | Branch Technology e a Universidade do Alasca, Fairbanks como as duas equipes com maiores pontuações nessa rodada.

Após a Fase 1 da competição (vencida por Clouds AO e SEArch), em que arquitetos e engenheiros de todo o mundo foram encarregados a imaginarem conceitos hipotéticos para a habitação em Marte, a Fase 2 desafiou os projetistas a fabricarem objetos reais impressos em 3D usando técnicas que poderiam ser empregadas para criar abrigos em uma missão futura ao planeta vermelho ou além.

Professores de SUTD fazem a impressão 3D de um projeto paramétrico de iluminação

Uma malha tetraédrica luminosa com extensão de 10 metros é a mais recente inovação impressa em 3D obtida pelos professores Felix Raspall e Carlos Banon da Universidade de Tecnologia de Singapura (SUTD). A escultura interativa de luz é uma exploração de como os componentes impressos 3D em grande escala podem criar um sistema para "atender não só requisitos estruturais, mas também transmissão de energia e comunicação de informação dentro de uma estética contínua".

Suspenso sobre seus visitantes, a exposição envolve o público através de respostas aos seus movimentos abaixo, controlado por mais de 50.000 pixels distintos de LED e o algoritmo principal. Isto é possível através de cinco microcontroladores Teensy, trabalhando em conjunto com três sensores ultra-sônicos na base da estrutura, resultando em uma experiência viva e iluminante.

© SUTD: Felix Raspall e Carlos Banon© SUTD: Felix Raspall e Carlos Banon© SUTD: Felix Raspall e Carlos Banon© SUTD: Felix Raspall e Carlos Banon+ 18

Esta gruta impressa em 3D desafia os limites da geometria computacional e da percepção humana

Após o sucesso do seu intrincado Arabesque Wall, Benjamin Dillenburger e Michael Hansmeyer, mais uma vez conseguiram novos níveis de ornamentação - desta vez, com uma gruta impressa tridimensionalmente em escala real, criada a partir de sete toneladas de arenito. Comissionado pelo Centre Pompidou em Paris, a gruta é um exemplo de como a expressão espacial das tecnologias computacionais podem criar experiências arquitetônicas notáveis.

"Digital Grotesque II é um testamento e uma celebração de um novo tipo de arquitetura que deixa para trás paradigmas tradicionais de racionalização e padronização e, em vez disso, enfatiza a percepção do espectador, evocando a admiração, curiosidade e perplexidade", afirmam Dillenburger e Hansmeyer.