Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais
  1. ArchDaily
  2. Desenho

Desenho: O mais recente de arquitetura e notícia

Lançamento do livro Janelas de SP

Graças a campanha de financiamento coletivo no canal Partio, o projeto Janelas de SP virou livro!

O evento de Lançamento acontece dia 23.01 na V E R N I Z - S P , na semana em que a cidade comemora seu aniversário de 464 anos.

Para os apoiadores, será possível fazer a retirada de suas recompensas.

Não apoiou? Teremos alguns exemplares,poster e desenhos originais a venda!

Até lá!

Os melhores desenhos de 2017 enviados pelos nossos leitores

Quando se trata de formas de representação arquitetônica, não há um método mais expressivo do que o desenho. Das muitas decisões, desde os utensílios de desenho até o tipo de papel, ou mesmo do estilo de desenho a mão ou desenho digital, as escolhas do que um arquiteto inclui - ou não inclui - em seus desenhos são frequentemente a melhor maneira de revelar as verdadeiras intenções por trás do processo de um projeto.


Em anos anteriores, publicamos nossas imagens favoritas do nosso banco de dados de projetos selecionados (o que ainda faremos em 2017!), mas este ano, queríamos fazer algo um pouco diferente para envolver nossa comunidade: pedimos aos nossos leitores que enviassem seus melhores desenhos. A resposta foi incrível - recebemos mais de 1200 desenhos de nossa rede de leitores em todo o mundo, desde perspectivas até esboços interpretativos e cortes altamente técnicos.


A partir desses envios, a equipe do ArchDaily selecionou 80 dos nossos favoritos, organizados em 7 categorias: Visualizações, Axonométricas - Isométricas, Cortes, Colagens, Contexto, Croquis e Plantas.

Veja eles, abaixo.

Curso Livre sobre Mobiliário Coletivo

Escola da Cidade promove curso livre sobre MOBILIÁRIO COLETIVO – 2ª TURMA

Os encontros são gratuitos e acontecem de setembro a novembro, com aulas teóricas e vivência em campo. Inscrições até 14 de agosto.

A Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, em parceria com o Sesc São Paulo promove de agosto a novembro o curso livre gratuito “Cultura, objeto e indústria: curso livre de mobiliário coletivo”, organizado pelos arquitetos José Paulo Gouvêa e Alexandre Benoit.

Teórico-prático sobre o mobiliário para espaços coletivos e sua relação com a cidade, tem como objetivo investigar questões referente à produção do mobiliário coletivo,

Graphica 2017 - XII Conferência Internacional de Engenharia Gráfica para Artes e Design

Trata-se de um evento, cujo objetivo é estimular o intercâmbio de ideias e a discussão sobre questões de interesse da área gráfica, pela comunidade acadêmica e científica deste campo do conhecimento e atividade.

 O GRAPHICA 2017 se configura como excelente oportunidade para intensificar laços com instituições educacionais de diferentes estados do Brasil e as de vários países, incentivando grupos de participantes, com uma agenda comum, a estabelecer ações colaborativas em setores de ensino, pesquisa, extensão e produção voltados à educação gráfica de diversos currículos com formações tais como Engenharia, Arquitetura, Design, Licenciatura em Desenho, Artes Visuais, Matemática etc.

Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas

Casa Gropius / Walter Gropius + Marcel Breuer / 1938 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamentePrairie Chicken House / Herb Greene / 1961. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamenteCasa de Vidrio / Philip Johnson / 1949. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamenteCasa Farnsworth / Mies van der Rohe / 1951 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente+ 20

O arquiteto e ilustrados Diego Inzunza desenvolveu a série "Architectural Classics" com o objetivo de apresentar mais de 15 obras icônicas do século XX, utilizando uma técnica gráfica de ampla compreensão, já que permite uma leitura geral de mais de seus lados, estabelecendo uma imagem geral.

Conheça os interiores do novo Museu de Design de Londres

Este mês, o Museu de Design de Londres inaugurará oficialmente sua nova sede em Kensington High Street. O projeto, realizado através de uma colaboração do OMA com o escritório londrino Allies & Morrison, interferiu sensivelmente em um monumento tombado, transformando seus interiores em galerias contemporâneas. Para John Pawson -- que foi encarregado de criar "uma série de espaços calmos e atmosféricos" organizados em torno de um grande átrio -- o projeto é sua primeira grande obra pública.

Planta do mezaninoPlanta do segundo pavimentoPlanta do térreoPlanta do primeiro pavimento+ 17

Dicas de desenho à mão para melhorar suas representações de projeto

Mesmo que a arquitetura tenda cada vez mais ao mundo digital, desenhar à mão continua sendo uma habilidade muito importante na profissão. O canal George Architect no Youtube -- criado por Reza Asgaripour e Avdieienko Heorhii -- busca inspirar arquitetos e entusiastas com dicas para melhorar as representações de projetos feitas à mão. Assista a seguir aos vídeos tutoriais.

95 croquis que falam sobre o habitar no espaço urbano

O desenho oferece a possibilidade de conexão com os mais variados espaços de nossas cidades e com o que neles ocorre. 

Esta prática, muito comum entre estudantes de arquitetura, é retomada pelo arquiteto e professor da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Valparaíso, David Jolly Monge.

Intitulado “La Observación: el urbanismo desde el acto de habitar”, o livro é apresentado pelo autor como uma coleção de observações que tratam do efeito de detenção causado pelo desenho, que segundo Monge consiste em habitar

OFICINA DE DESENHO E NARRATIVA com Rafael Coutinho

O foco dos encontros será a experimentação de diferentes formas de se contar uma história, usando conversas, diálogos entre os alunos, jogos narrativos e o espaço ao redor, tanto do próprio IABsp como as imediações.

42 croquis, desenhos e diagramas de espaços de trabalho de arquitetos

Mês passado, lançamos uma chamada entre nossos leitores para que nos mostrassem seus locais de trabalho. Foi um verdadeiro prazer receber tantas respostas, cada uma mostrando o talento e criatividade particular -- e a incrível abrangência geográfica -- do público do ArchDaily. Veja, a seguir, nossos favoritos (sem ordem específica) e envie suas opiniões e seu próprio desenho na seção de comentários abaixo.

Desenhe seu espaço de trabalho e envie para nós

Há alguns anos, pedimos aos nossos leitores que enviassem fotografias de seus escritórios e espaços de trabalho, para que pudéssemos compartilhar com nosso público os diversos ambientes onde a arquitetura é criada. Agora convidamos você a mostrar não apenas onde você trabalha, mas também como você trabalha. Queremos conhecer sua mesa de trabalho, os espaços do escritório ou ateliê onde você passa boa parte de seus dias; mas mais importante, queremos conhecer esses espaços através de desenhos feitos por você.

Modelo Vivo com Alice NM no IAB-SP

O curso livre Modelo Vivo com Alice NM, organizado pelo IAB-SP apresenta uma oportunidade de introdução ao universo do desenho de observação com a presença de modelo vivo e orientação da Professora Alice NM.

O desenho foi sempre considerado a forma mais universal de arte. Desde os primórdios ele contou histórias, narrou aventuras e registrou grandes descobertas. Esse registro serve também como estudo e desenvolvimento do traço de cada artista em sua jornada pessoal. A linha, sua força e densidade, pode dizer muito da personalidade e estado de espírito de seu criador.

Estas fantásticas ilustrações arquitetônicas foram feitas no AutoCad

Fabiola Morcillo Núñez, uma arquiteta da Universidade do Chile, tem 26 anos de idade e desenha formalmente há aproximadamente um ano sob o nome de 1989. Seu projeto de ilustração utiliza ferramentas básicas da arquitetura para construir espaços fictícios e imaginários influenciados pela arquitetura asiática e pop art.

Fabiola tem consciência dos benefícios projetuais do papel e usa suas habilidades para imaginar espaços que vão além dos limites possíveis.  

OASE Nº 7. Cortesia da imagem de Fabiola MorcilloEncontro Local. Cortesia da imagem de Fabiola MorcilloDa China com amor. Cortesia da imagem de Fabiola MorcilloMetabolismo. Cortesia da imagem de Fabiola Morcillo+ 14

Biblioteca Britânica disponibiliza milhões de imagens para uso público no Flickr

A Biblioteca Britânica continua a disponibilizar imagens de sua coleção digitalizada, agora atingindo a cifra de um milhão de imagens na plataforma Flickr. Desde 2013, a instituição vem selecionando aleatoriamente imagens ou páginas de seus mais de 65 mil livros de domínio público dos séculos XVII, XVIII e XIX.

Cortesia de The British LibraryCortesia de The British LibraryCortesia de The British LibraryCortesia de The British Library+ 15

O desenho no projeto da paisagem / Edward Hutchison

O desenho no projeto da paisagem trata da importância do desenho para aprender a visualizar e a explicar projetos de grande escala e demonstra que, ao longo do processo de projeto, os desenhos feitos à mão são um complemento ideal para os desenvolvidos em computador.

Manipulando espaços reais em escala real

No começo de 2016, apresentamos o Vardehaugen, um escritório norueguês que criou uma série de desenhos em escala real dos seus projetos em seu próprio pátio posterior. Após publicar este exercício no nosso local, desde a Espanha, o arquiteto e acadêmico Alberto T. Estévez nos contou que é o mesmo exercício que desenvolve na ESARQ (UIC Barcelona) há 10 anos, com alunos de segundo e terceiro ano de Arquitetura. Segundo Estévez, o exercício 'supõe algo insubstituível: aproximar-se da moradia dos espaços de escala real desde obras de arquitetura paradigmáticas' desde a casa Farnsworth até a Casa da Marina de José Antonio Coderch.

Há aproximadamente 10 anos, comecei a realizar uma atividade docente especial. O que me pareceu interessante e instrutiva. Assim, comecei a ministrar aulas práticas como se comenta com alunos de segundo e terceiro ano de Arquitetura, na ESARQ (UIC Barcelona): a Escola de Arquitetura fundada há 20 anos como primeiro Diretor na Universidade Internacional da Catalunha. 

Desde então, fazemos este trabalho todo o ano nas disciplinas de Composição Arquitetônica que ministro e que aborda a teoria e a história da arquitetura.

Edificio Coderch. Imagem © Alberto T. EstévezEdificio Coderch. Imagem © Alberto T. EstévezEdificio Coderch. Imagem © Alberto T. EstévezEdificio Coderch. Imagem © Alberto T. Estévez+ 25

A escala humana no desenho de arquitetura: do Modulor à desconstrução do corpo

Embora existam muitas abordagens diferentes para criar um espaço arquitetônico, a maioria dos arquitetos concorda que priorizar  o ser humano é fundamental para um projeto bem sucedido. Percebemos a arquitetura através de nossos sentidos, interpretamos sua escala em comparação ao nosso corpo, e, é claro, exigimos que a arquitetura nos proteja contra a força da natureza. Por estas razões, os arquitetos frequentemente incluem figuras humanas em seus desenhos, dando, assim, um sentido melhor de escala e atmosfera para o projeto. 

No entanto, estas figuras podem ser ainda mais reveladoras. "Arquitetos se projetam na figura humana", explica Noor Makkiya, que tem reunido uma série de escalas humanas retiradas de croquis de alguns dos arquitetos mais famosos do mundo. "Então, se compararmos desenhos de diferentes arquitetos, frequentemente encontramos diferenças na forma do corpo e na atividade corporal [destas figuras], por prática, os arquitetos frequentemente representam suas próprias ideologias como uma referência para a compreensão da condição física humana."

Do estudo científico da proporção corporal de Da Vinci e Le Corbusier, à figura primitiva usada por Glenn Murcutt ou ao ser humano desconstruído de Frank Gehry, veja, a seguir, escalas humanas que revelam características dos arquitetos que as desenham. 

PimpMyDrawing oferece escalas humanas para desenhos vetorizados

Unindo-se às muitas páginas que já oferecem escalas humanas para renders, o website PimpMyDrawing está ampliando sua base de dados de escalas vetorizadas. O site foi lançado por três arquitetos recém-formados que, ao se darem conta da quantidade de desenhos vetorizados que produziram ao longo de seus anos na faculdade, decidiram compartilhá-los gratuitamente.