1. ArchDaily
  2. Community

Community: O mais recente de arquitetura e notícia

Workshop universitário realiza projetos para a construção de casas de parto no México

Desde 2015 o Workshop Vertical: Projetos de Impacto Regenerativo (Departamento de Arquitetura da Universidade Iberoamericana), ministrado pelos professores Juan Casillas, Mariana Ordóñez e Jesica Amescua, opera como um espaço acadêmico e prático de ação-reflexão sobre o papel atual dos arquitetos na produção social do habitat.

O propósito principal da oficina é disparar um sentido de responsabilidade nos estudantes através da exploração do potencial da arquitetura participativa como uma ferramenta de mudança sócio-ambiental. Os projetos tratados nesse âmbito surgem necessariamente de demandas reais e são desenvolvidos por meio de processos participativos e de intercâmbio de saberes (técnicos e locais) que buscam construir um conhecimento comum. Para além dos objetivos arquitetônicos, os processos com as pessoas tornam-se o centro dos projetos em seus três momentos: diagnóstico, desenho e construção.

Protótipos de habitações temporárias de bambu por rOOtStudio

Em 2015, após o catastrófico terremoto no Nepal, Maria da Paz convidou João Boto Caeiro do RootStudio a projetar e construir uma habitação modelo no país. Usando materiais locais e acessíveis, construíram dois protótipos de bambu e divisórias leves, através de uma colaboração entre moradores e voluntários que vieram para a região.

Os protótipos respondem à necessidade de habitação que possa ser construída rapidamente com o objectivo de proporcionar independência e abrigo imediato, ao mesmo tempo que introduzem técnicas básicas de construção utilizando bambu e tijolos. Deste modo, elas oferecem um conjunto de ferramentas que permitem que as comunidades continuem construindo no futuro. 

Cortesía de rOOtstudioCortesía de rOOtstudioCortesía de rOOtstudioCortesía de rOOtstudio+ 20

Diébédo Francis Kéré: "a arquitetura faz com que as pessoas se sintam orgulhosas"

"A arquitetura é muito mais que arte. E é muito mais que a construção de edifícios", afirmou o premiado arquiteto Diébédo Francis Kéré. No mais recente vídeo do Louisiana Channel, Kéré fala do papel da arquitetura no mundo de hoje e da influência exercida por seu país natal, Burkina Faso, em seu trabalho.

Para Kéré, o contexto e o meio são fundamentais: "Busco utilizar materiais locais - principalmente terra e madeira - para criar edifícios modernos. Se construímos com argila, teremos um futuro melhor, pois utilizamos os recursos que temos à disposição". E acrescenta: "a arquitetura pode trazer muito a uma sociedade como a minha. A Arquitetura faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. E isso pode gerar uma grande quantidade de energia."

Assista ao vídeo para saber mais da visão de Kéré sobre a importância da arquitetura nos dias de hoje.

Modificando temporariamente a cidade: espaços urbanos experimentais em Aarhus, Dinamarca

Desde o ano de 2010, os arquitetos dinamarqueses do Schønherr desenvolveram uma série de intervenções urbanas em grande escala durante a época do Festival de Aarhus, o maior festival cultural da Dinamarca. Esses projetos temporários transformaram as ruas e parques em espaços públicos extraordinários, mudando a topografia natural da cidade para atrair e reunir os cidadãos.

Apresentamos aqui seus 4 últimos projetos: "The Forest" (2010), "The City Park" (2012), "The Plaza" (2014) 3 "Bishops Square", que será finalizado em 2016.

The City Park / Schønherr. Imagem © Martin Dam Kristensen for Aarhus FestivalThe Plaza / Schønherr. Imagek  © Martin SchubertThe City Park / Schønherr. Imagem © Martin Dam Kristensen for Aarhus FestivalThe Plaza / Schønherr. Imagek  © Martin Schubert+ 49

Estudantes constróem três habitações experimentais para enfrentar a hiperurbanização na África

Espera-se que a população urbana da África subsaariana aumente em quase 70% no ano de 2025, uma rápida urbanização que envolve naturalmente o setor da construção civil. No entanto, os métodos atuais de planejamento em técnicas de construção, infraestruturas e ciclos econômicos, não são suficientes para sentar bases sólidas para um desenvolvimento urbano e social sustentável da região.

Em uma experiência acadêmica desenvolvida no Instituto de Arquitetura Experimental da Bauhaus-Universität Weimar, estudantes construíram três protótipos residenciais na escala 1:1 para Addis Abeba, capital da Etiópia e coração da hiper-urbanização. Conheça cada projeto detalhadamente, a seguir.

Cortesia de Bauhaus Experimental BuildingCortesia de Bauhaus Experimental BuildingCortesia de Bauhaus Experimental BuildingCortesia de Bauhaus Experimental Building+ 62

Cidade do Cabo adota uma estratégia incomum para qualificar assentamentos informais

A Cidade do Cabo adotou uma nova estratégia para qualificar os assentamentos informais - a reconfiguração e reposicionamento das habitações em assentamentos muito densos de acordo com uma estrutura espacial elaborada pela comunidade. A inciativa serve para criar espaços coletivos, tornar as comunidades mais seguras e qualificar as moradias, dentre muitos outros benefícios. Clique aqui para ver como e onde essa estratégia foi adotada.