O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Arte

ESTEREO(AUTO)SCOPIO, arte pública efêmera para perceber o contexto urbano

19:00 - 31 Agosto, 2018
Cortesía de Esteban Pastorino y Nicolás Sáez
Cortesía de Esteban Pastorino y Nicolás Sáez

Estereo(auto)copio é uma obra de arte pública efêmera co-criada por Esteban Pastorino e Nicolás Sáez, financiado pela bolsa de estudos "Residencias Chile - Argentina do Programa de Intercâmbio de Artes Cênicas e Artes Visuais" do Ministério das Culturas, das Artes e Patrimônio do Governo do Chile. Nesta ocasião, a estadia criativa foi desenvolvida na "Residencia Corazón" da cidade de La Plata, na Argentina.

O projeto foi instalado pela primeira vez no centro da Plaza Moreno, em seguida, transferido ao Centro Cultural Pasaje Dardo Rocha e finalmente exposto na Residencia Corazón em uma conversa com os autores. O projeto, com a colaboração de Diego del Pozo, Nahuel Bralo, Ismael Maldonado, Juan Pablo Ferrer e Rodrigo Mirto, propõe uma experiência imersiva ao visitante através de um artefato que permite ver vistas aéreas da cidade, com fotografias estereoscópicas captadas por um drone, que oferece a possibilidade para o observador olhar para o lugar de onde está e conscientizar-se das características urbanas.

Conheça o projeto em detalhes através de algumas palavras dos autores a seguir.

Seus mundos favoritos da ficção, em ilustrações de nanquim

07:00 - 22 Agosto, 2018
Cortesia de Angie's List
Cortesia de Angie's List

Em um mundo de 3D, HD, 4K e CGI, a representação arquitetônica nos setores de cinema, televisão e jogos está se tornando cada vez mais realista, cada vez mais deslumbrante e cada vez mais cara. Mas mesmo sem os efeitos especiais, as formas arquitetônicas maravilhosamente trabalhadas dos mundos fictícios de Game of Thrones, Harry Potter e da Marvel continuam impressionantes.

Para demonstrar isso, a Angie’s List produziu uma série de ilustrações de nanquim em escala de cinza de alguns dos mundos fictícios mais emblemáticos da indústria do entretenimento, celebrando estilo, forma, materialidade e sombra. Do futurismo elegante de Star Wars e Marvel às fortalezas vernaculares de Game of Thrones e Skyrim, a série Fictional Architecture captura os detalhes mais refinados de nossos universos fictícios favoritos.

Como o surrealismo influenciou a produção contemporânea de arquitetura

10:00 - 19 Agosto, 2018
1974 installation of <em>Mae West’s Face which May be Used as a Surrealist Apartment</em> by Salvador Dali. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/alextorrenegra/4991542223'>Flickr user Torrenega</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>
1974 installation of Mae West’s Face which May be Used as a Surrealist Apartment by Salvador Dali. Imagem © Flickr user Torrenega licensed under CC BY 2.0

Em 1924, André Breton redigiu o Manifesto Surrealista, convidando a comunidade artística a questionar os limites entre a realidade e o mundo dos sonhos, entre objetividade e subjetividade. Naquele momento, muitos arquitetos estavam interessados - e não são poucos aqueles que ainda se interessam - na potência imaginativa do espaço construído. Para estes profissionais, o pensamento surrealista de Breton foi, e ainda é, um recurso valioso para discutir o papel que a arquitetura desempenha na definição da realidade. Desde então, partindo de Salvador Dali, passando por Frederick Kiesler até Frank Gehry, o surrealismo tem influenciado profundamente a produção arquitetônica deste o início do século XX.

Indivisível: quadrinho narra a história negra e oriental do bairro da Liberdade em São Paulo

14:00 - 10 Agosto, 2018
Indivisível: quadrinho narra a história negra e oriental do bairro da Liberdade em São Paulo, © Marília Marz
© Marília Marz

Indivisível é o título da história em quadrinhos elaborada por Marília Marz como Trabalho de Conclusão na Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Apresentado em 2017, o trabalho tem como objetivo identificar e analisar as possibilidades narrativas intrínsecas a elementos arquitetônicos e urbanísticos do bairro da Liberdade, em São Paulo, em dois períodos históricos distintos.

BOOMSPDESIGN 2018

18:00 - 7 Agosto, 2018
BOOMSPDESIGN 2018, atelier oï: Designer do Ano (Divulgação)
atelier oï: Designer do Ano (Divulgação)

O BOOMSPDESIGN, Fórum internacional de arquitetura, design e arte, segue para a sua 11ª edição com data já marcada: dias 27, 28 e 29 de agosto, no Lounge da Bienal, no Parque do Ibirapuera, São Paulo. O evento tem como premissa discutir, atualizar, explorar, pensar e repensar o design.

Um dos pontos altos do evento, seu idealizador, Beto Cocenza, anuncia o Designer do Ano homenageado em 2018: o atelier oï. Fundado em 1991 em La Neuveville, na Suíça, por Aurel Aebi, Armand Louis e Patrick Reymond, o atelier oï nasceu com a intuitiva e emocional afinidade de moldar materiais diferentes. Os

Athos Bulcão, 100 anos, 100 dias, 100 fotos

10:00 - 27 Julho, 2018
Athos Bulcão, 100 anos, 100 dias, 100 fotos, © Edgard Cesar
© Edgard Cesar

Este ano, um dos artistas mais atuantes no campo de sobreposição entre a arte e a arquitetura moderna brasileira, Athos Bulcão, completaria 100 anos. Athos dedicou parte considerável de sua obra tentando unir a tradição da azulejaria a uma proposta aplicada à arquitetura moderna - e conseguiu, seus trabalhos pontuam alguns dos edifícios mais emblemáticos do modernismo brasileiro, notadamente em Brasília.

Fernanda Torres e Fernanda Montenegro interpretarão Lina Bo Bardi em filme de Isaac Julien

10:00 - 11 Junho, 2018
Fernanda Torres e Fernanda Montenegro interpretarão Lina Bo Bardi em filme de Isaac Julien, © Cortesia de Instituto Lina Bo e P.M. Bardi. Autor desconhecido
© Cortesia de Instituto Lina Bo e P.M. Bardi. Autor desconhecido

Tema de uma instalação artística de Isaac Julien intitulada Stones Against Diamonds, de 2015, a arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi terá agora sua trajetória representada no cinema com o filme Ghost of Lina Bo Bardi, do mesmo diretor.

Exposição "Bancos Indígenas do Brasil" no Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera

08:00 - 6 Junho, 2018
Exposição "Bancos Indígenas do Brasil" no Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera, Com entrada gratuita, exposição marca os 110 anos da imigração japonesa no Brasil; abertura é dia 9 de junho
Com entrada gratuita, exposição marca os 110 anos da imigração japonesa no Brasil; abertura é dia 9 de junho

PAVILHÃO JAPONÊS DO PARQUE DO IBIRAPUERA RECEBE A EXPOSIÇÃO BANCOS INDÍGENAS DO BRASIL

Com entrada gratuita, exposição marca os 110 anos da imigração japonesa no Brasil; abertura é dia 9 de junho

No dia 9 de junho, o Pavilhão Japonês, construção localizada no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e inspirada no Palácio Katsura, de Kioto, recebe a exposição Bancos Indígenas do Brasil, que apresenta cerca de 70 peças da coleção BEI. Os bancos foram produzidos por povos de várias regiões do alto e baixo Xingu, sul da Amazônia, Centro-Oeste, norte do Pará, Guianas e noroeste amazônico. No fim de

1:1 | Reprodução Assistida

06:00 - 31 Maio, 2018
1:1 | Reprodução Assistida, Trabalho de João Loureiro no Supermercado Futurama na Vila Buarque, centro de São Paulo. Parte da exposição "Reprodução Assistida" do projeto 1:1, curadoria Bruno de Almeida. Foto: Filipe Berndt
Trabalho de João Loureiro no Supermercado Futurama na Vila Buarque, centro de São Paulo. Parte da exposição "Reprodução Assistida" do projeto 1:1, curadoria Bruno de Almeida. Foto: Filipe Berndt

A Galeria Jaqueline Martins apresenta a primeira edição do projeto 1:1, com um trabalho inédito de João Loureiro.

O artista correlaciona o espaço de exposição da galeria com um açougue da região, bairro da Vila Buarque, centro de São Paulo. Mas mais do que ocupar ambos os espaço com um conjunto de obras, João Loureiro concebe uma série de ações encadeadas que são ciclicamente repetidas ao longo do período da exposição, fazendo com que o trabalho se constitua cumulativamente dia-após-dia.

No açougue do supermercado Futurama, uma vitrine congeladora contém várias esculturas de carne moída, reproduções em escala reduzida da obra “Figura Reclinada

Lançamento do livro 99 ideias para um cinema de rua

06:00 - 31 Maio, 2018
Lançamento do livro 99 ideias para um cinema de rua, O lançamento será no Cine Brasil, no Centro de BH. Crédito Micrópolis
O lançamento será no Cine Brasil, no Centro de BH. Crédito Micrópolis

Micrópolis e Fundação Municipal de Cultura apresentam:

99 ideias para um cinema de rua

Lançamento de livro + conversa aberta com Micrópolis e os curadores da exposição Habitáculo: Fabíola Moulin e Marconi Drummond.

99 Ideias para um Cinema de Rua são noventa e nove respostas especulativas para a mesma pergunta: quais formas de ocupação poderia abrigar um grande edifício no coração da cidade, concebido como um cinema de rua em uma época em que a projeção de filmes ainda era um acontecimento capaz de reunir multidões em plena zona central?

Coletadas com o público que passa pela Praça Sete, as ideias são

Artista reinterpreta obras de arquitetura através de pinturas

07:00 - 27 Maio, 2018
Artista reinterpreta obras de arquitetura através de pinturas, Sejong Performing Art Center, arquitetos Hani Rashid/ Lise Anne Couture, 2017 - 3.00m X 1.55m. Image Cortesia de Patricia Golombek
Sejong Performing Art Center, arquitetos Hani Rashid/ Lise Anne Couture, 2017 - 3.00m X 1.55m. Image Cortesia de Patricia Golombek

O trabalho de Patricia Golombek é um estudo de arquitetura desenvolvido em diferentes pontos de vista. Analisando elementos estruturais e soluções arquitetônicas realizadas por diferentes arquitetos de diferentes partes do mundo.

A artista, que é arquiteta por formação, busca destacar, através de seu trabalho, a linguagem na qual o arquiteto se comunica e o processo de criação de suas obras.

Guia de expografia: o que levar em conta ao montar uma exposição

12:00 - 23 Maio, 2018
Guia de expografia: o que levar em conta ao montar uma exposição, Cavaletes de Vidro. Image © FLAGRANTE
Cavaletes de Vidro. Image © FLAGRANTE

Você já se questionou como é pensado o projeto de uma exposição? Ou como ele articula-se na montagem do conteúdo exposto?

Historicamente, o que hoje conhecemos como Museu iniciou-se como um lugar para a reunião de peças e objetos organizados por tipologia, como nos é revelado ao observamos imagens dos chamados gabinetes de curiosidades ou quarto das maravilhas, onde se organizava uma multiplicidade de objetos e espécies raras (animal, vegetal e mineral) trazidas das grandes explorações ocorridas no século XVI e XVII.

Séculos mais tarde, tais coleções começaram a ganhar força e antigos palácios transformaram suas circulações em extensas e contínuas galerias, onde apenas seus hóspedes e moradores tinham acesso. Posteriormente, no século XIX, o surgimento de pavilhões dedicados essencialmente à exposição de artefatos trouxe proximidade à ideia mais próxima do que hoje são os museus. Costumamos publicar diversos projetos de museus. Mas além da arquitetura destes, você já observou como a expografia atua de modo importante? Listamos a seguir alguns dos conceitos-chave dos projetos expográficos.

Como a arte pode se apropriar da arquitetura para extrapolar o espaço da galeria

16:00 - 13 Maio, 2018

No mais recente vídeo da série Time-Space-Existence, o PLANE — SITE apresenta o aclamado artista conceitual Lawrence Weiner e suas ideias sobre a relação entre pessoas e objetos, linguagem como gesto, e como tornar a arte acessível ao público. Lawrence Weiner é conhecido por sua arte tipográfica aplicada a elementos do ambiente construído e descreve como a própria arquitetura pode se tornar um espaço alternativo para a arte contemporânea.

Rose F. Kennedy Greenway Mural, Boston 2015. Imagem © Geoff Hargadon Rocca Albornoziana, Spoleto, Itália1996. Imagem © Aurelio Amendola Galeria Alfonso Artiaco, Nápoles, 2016. Imagem © Luciano Romano Milwaukee Art Museum, 2017. Imagem © John Magnoski + 8

Novo aeroporto da Cidade do México poderá servir como local de preservação de murais modernistas

10:00 - 12 Maio, 2018
Novo aeroporto da Cidade do México poderá servir como local de preservação de murais modernistas, Centro SCOP na Cidade do México foi fechado depois de uma série de terremotos devastadores. A exposição propõe a relocação de seus histórios murais. Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura
Centro SCOP na Cidade do México foi fechado depois de uma série de terremotos devastadores. A exposição propõe a relocação de seus histórios murais. Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura

Este artigo foi originalmente publicado na Metropolis Magazine como "How a Small Mexico City Exhibition Fueled a Debate About Preservation and Power."

É um dia cinza no bairro de Narvarte na Cidade do México e as rajadas de vento anunciam a chuva iminente. A presença do Centro SCOP, um gigantesco complexo modernista abandonado, faz com que este cenário pareça ainda mais sombrio. O edifício é uma obra prima - inclusive intimidante - do modernismo mexicano: um enorme conjunto de edifícios em concreto aparente projetado pelo arquiteto Carlos Lazo, os quais cobrem uma área de mais de um hectare com suas dezenas de murais coloridos e vibrantes.

Em seu auge, o edifício chegou a abrigar mais de 3.000 trabalhadores da Secretaria de Comunicações e Transportes (SCT). Hoje, salvo o solitário segurança na guarita, o conjunto encontra-se completamente vazio.

Como parte da exposição, FR-EE propõe a relocação dos murais do Centro SCOP para o aeroporto projetado em parceria com a Foster + Partners. Imagem Cortesia de FR-EE Fernando Romero Enterprises/ Archivo Diseño y Arquitectura Imagem do Centro SCOP. Imagem Cortesia da Secretaría de Comunicaciones y Transportes (SCT)/ Archivo Diseño y Arquitectura Uma imagem do Cento SCOP, logo após sua abertura em meados dos anos 1950. Imagem Cortesia de personal archive of Carlos Lazo Barreiro / Archivo General de la Nación/ Archivo Diseño y Arquitectura "Canto a La Patria (Parte 1)" (esquerda) e "Independencia y Progreso" (direita). Imagem Cortesia de Pablo López Luz/ Archivo Diseño y Arquitectura + 26

Guto Requena projeta instalação interativa para o Sesc da Avenida Paulista

10:00 - 10 Maio, 2018
Guto Requena projeta instalação interativa para o Sesc da Avenida Paulista, Instalação Empatias Mapeadas. Image © Lufe Gomes
Instalação Empatias Mapeadas. Image © Lufe Gomes

Inaugurado no dia 29 de abril, o Sesc Avenida Paulista contou em sua abertura com uma instalação projetada pelo arquiteto e designer Guto Requena.

O projeto foi intitulado Empatias Mapeadas e consiste em uma escultura paramétrica interativa, com luzes que pulsam e caixas de som que mixam e emitem os sons dos batimentos cardíacos dos participantes que tocam a obra.

Clássicos da Arquitetura: Arts United Center / Louis Kahn

12:00 - 24 Abril, 2018
© Jeffery Johnson
© Jeffery Johnson

Em 1961, o arquiteto Louis I. Kahn foi contratado pela Fine Arts Foundation para projetar e desenvolver um grande complexo de artes no centro de Fort Wayne, Indiana. O ambicioso Centro de Belas Artes, agora conhecido como Arts United Center, atenderia a comunidade de 180.000 pessoas oferecendo espaço para uma orquestra, teatro, escola, galeria e muito mais. Como um Lincoln Center em miniatura, os desenvolvedores esperavam atualizar e melhorar a cidade através de uma nova arquitetura cívica. No entanto, devido a restrições orçamentárias, apenas uma fração do projeto total foi concluída. Esse é um dos projetos menos conhecidos de Kahn, que durou mais de uma década, e seu único edifício no Centro-Oeste dos Estados Unidos.

A rota da arte: uma alternativa para integrar áreas vulneráveis da Colômbia

07:00 - 15 Abril, 2018
A rota da arte: uma alternativa para integrar áreas vulneráveis da Colômbia, Caminhando pela BIACI - 1a Bienal Internacional de Arte de Cartagena. Imagem © Sol Robayo [Flickr], sob licença CC BY 2.0
Caminhando pela BIACI - 1a Bienal Internacional de Arte de Cartagena. Imagem © Sol Robayo [Flickr], sob licença CC BY 2.0

"Outras noites como tantas das cores da cidade, transformando uma esquina em obra se arte sem cessar, mas é tudo um artista que compartilha sua visão", canta Skool 77 em Color en la ciudad, e claro, a rota do grafite se transformou em um dos atrativos turísticos para solucionar diversas problemáticas em áreas vulneráveis de diversas cidades e municípios na Colômbia.

Trata-se de uma iniciativa que, além de disfrutar a contemplação de belos murais e projetos inovadores de renovação urbana, busca também despertar o espírito de empreendimento em crianças, jovens e adultos que participam na elaboração do Arte Callejero, e que através da cor, hoje devolvem esperança à população, deixando para trás as diferenças e ensinando a todos que somos iguais.

Ilustrações de Tishk Barzanji criam universos complexos inspirados no surrealismo e na arquitetura moderna

10:00 - 11 Abril, 2018
Ilustrações de Tishk Barzanji criam universos complexos inspirados no surrealismo e na arquitetura moderna, © Tishk Barzanji
© Tishk Barzanji

É raro encontrar artistas que, em seus trabalhos, condensem de modo tão instigante referências diversas como a Muralha Vermelha de Ricardo Boffil, as complexas ilustrações de Giovanni Battista Piranesi e ícones da cultura pop. Tishk Barzanji, artista de Londres, é um desses que consegue.

Através de suas ilustrações digitais, explora elementos da arquitetura moderna a partir de um olhar filtrado por referências que se aproximam de um universo onírico e surreal, criando composições que exprimem uma atmosfera austera e, de algum modo, inquietante.