Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Timothy Hursley

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

15 Projetos que exploram as possibilidades diversas do aço na arquitetura

O uso do aço na arquitetura é considerado um dos desenvolvimentos mais inovadores da história da construção civil, permitindo que os arquitetos criassem estruturas em escalas nunca antes imaginadas. Hoje em dia, o aço continua sendo um dos materiais mais importantes no campo da construção, mas há muito mais neste material do que apenas resistência à tração e durabilidade. Alguns arquitetos estão bem cientes do potencial do aço e o transformaram em uma enorme diversidade de itens, de luminárias e elementos decorativos a fachadas e acabamentos.

Veja, a seguir, 15 projetos que exploram o aço para além de suas qualidades estruturais, buscando aplicações variadas e, por vezes, inesperadas. 

© Ket Kolektif © Markus Hattwig © Juan Alberto Andrade © Edmon Leong + 16

Por que é conveniente 'envolver' a arquitetura com Zinco?

Material leve por excelência, o Zinco é um metal não ferroso que fornece uma solução eficaz para revestimento de edifícios expostos a condições climáticas adversas, fornecendo respostas criativas às exigências do especificador e dos usuários do projeto.

Quando em contato com a umidade, os painéis de zinco geram uma camada que permite a autoproteção, isolando o calor dos espaços internos durante o verão e respondendo corretamente à chuva e à neve durante o inverno, deslizando facilmente suas superfícies. Seus painéis modulares podem 'envolver' formas curvas ou serem perfurados de acordo com o projeto arquitetônico, e combinar-se em fachadas e / ou tetos através de diferentes tons, brilho e cores.

Legacy ER Allen / 5G Studio Collaborative. Manufactured by MetalTech-USA. Image © Michael Moran/OTTO The House on the Cliff / GilBartolome Architects. Manufactured by elZinc. Image © Jesús Granada The Alchemist / Reid Architects. Manufactured by elZinc. Image Cortesía de elZinc Stade De Soccer de Montréal / Saucier + Perrotte architectes + Hughes Condon Marler Architects. Manufactured by elZinc. Image © Olivier Blouin + 19

Crescent Park / Eskew+Dumez+Ripple

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley + 40

New Orleans, Estados Unidos

Palladium Nighclub de Arata Isozaki, pelas lentes de Timothy Hursley

Em maio de 1985, um antigo teatro e sala de concertos abriu suas portas ao público para a inauguração de uma boate em Nova Iorque. O projeto fora encomendado pelos empresários Steve Rubell e Ian Schrager, proprietários do também famoso clube Studio 54, e foi concebido como uma estrutura independente, vibrante e luminosa instalada dentro de uma envoltória bastante clássica, que serviu como belo pano de fundo para as geometrias de Isozaki.

De acordo com o New York Times em sua edição de 20 de maio de 1985: “Arata Isozaki é ao mesmo tempo uma grande eminência da arquitetura japonesa e fonte de alguns de seus pensamentos mais recentes. E todas as facetas do Sr. Isozaki estão visíveis no Palladium."

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley + 14

Quem é Arata Isozaki? 20 fatos sobre o vencedor do Pritzker 2019

A carreira prolífica e variada de Arata Isozaki, vencedor do Prêmio Pritzker de 2019, inclui mais de 100 obras construídas em praticamente todos os continentes e nos oferece uma grande quantidade de informações relevantes para entender sua vida e arquitetura. Considerado o primeiro arquiteto japonês a desenvolver seu trabalho em uma escala verdadeiramente global, Isozaki mostra um cuidado especial em responder ao contexto e aspectos específicos de cada projeto, ampliando a noção de heterogeneidade em seu trabalho, o que resulta em uma variedade de estilos, do vernáculo ao tecnológico.

Conheça, a seguir, 20 fatos fascinantes sobre Arata Isozaki:

Conheça os 27 projetos premiados no 2019 AIANY Design Awards

O American Institute of Architects de Nova Iorque apresentou os vinte e sete projetos premiados no Design Awards de 2019. O juri do AIANY, composto por arquitetos, educadores, críticos e urbanistas independentes, levou dois dias para deliberar a sua decisão final à respeito do prêmio. Para cada uma das cinco categorias, os projetos vencedores receberam menções de “honra” ou “mérito”, escolhidos por suas qualidades propositivas, inovadoras e soluções técnicas.

Princeton University Embodied Computation Laboratory. Image © Pablo Marvel Tanderrum Bridge. Image © Kristoffer Paulson Oculi House. Image © Michael Moran Cornell Tech Tata Innovation Center. Image © Albert Vecerka + 28

Moshe Safdie é laureado com o Prêmio Wolf 2019

Moshe Safdie foi laureado com o Prêmio Wolf de Arquitetura 2019. A honraria anual elege um vencedor nos campos da pintura, música, escultura ou arquitetura. Sendo um dos mais prestigiados prêmios internacionais de Israel, reconhece realizações no avanço da ciência e da arte para o bem da humanidade. Na escolha deste ano, o júri citou a carreira exemplar de Safdie motivada por preocupações sociais da arquitetura e experimentações formais.

Fachadas recicláveis e duradouras: 20 edifícios revestidos em zinco

O zinco é um elemento natural extraído do minério. É a sigla ZN, que aparece na temida Tabela Periódica, aquela que tanto nos atormentava nas aulas de química. Através de um processo metalúrgico para a queima das impurezas, a redução do óxido de zinco e o refino, ele assume uma aparência muito mais amigável, que são as chapas, bobinas e rolos utilizados na construção civil. A principal característica deste material é sua maleabilidade, que permite que seja trabalhado facilmente, permitindo revestir complexas formas em fachadas e coberturas das construções.

Edifícios do Parque Shelby Farms / Marlon Blackwell Architect + James Corner Field Operations

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley + 42

Memphis, Estados Unidos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 3.25
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2016

Estudantes de arquitetura do Alabama estão projetando e construindo casas de baixo custo para a área rural

© Timothy Hursley
© Timothy Hursley

O Rural Studio, um programa de projeto / construção da Faculdade de Arquitetura, Design e Construção da Auburn University, anunciou uma colaboração com a empresa de empréstimos hipotecários Fannie Mae para apoiar a Iniciativa 20K. Esta iniciativa continua a contribuir para o desenvolvimento de “casas bonitas, saudáveis e resilientes que proporcionam aos proprietários de imóveis financeiramente vulneráveis a capacidade de viver com dignidade, segurança e dentro de suas possibilidades”.

Como forma de abordar a falta de moradias populares nos EUA, a pesquisa produzida a partir dessa colaboração com a Fannie Mae está sendo compartilhada com grupos da indústria de instituições educacionais. A Universidade de Auburn também está fornecendo financiamento para a iniciativa por meio de uma doação para "fortalecer ainda mais a colaboração com a Fannie Mae, bem como apoiar o desenvolvimento de colaborações adicionais das partes interessadas".

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley Cortesia de Auburn University Rural Studio + 7

Como projetar 'edifícios lanterna' com paredes autoportantes de vidro

Recorrentemente, vemos que arquitetos optam por fachadas translúcidas para resolver as envoltórias de seus edifícios, promovendo a entrada de uma grande quantidade de luz natural controlada durante o dia. Ao mesmo tempo, quando acendem as luzes durante a noite, muitos desses projetos são notados no meio da escuridão, aparecendo como lanternas ou faróis para seus bairros e comunidades. Estando expostos a mudanças de condições - dia ou noite - é necessário estudar detalhadamente a orientação e a localização do edifício, as pré-existências do contexto e a configuração dos espaços interiores, o que nos leva a escolher necessariamente o material adequado.

Apresentamos um sistema autoportante de painéis de vidro que permite construir este tipo de fachadas sem interrupções - do chão ao teto -, com quadros mínimos e cores, texturas e performances térmicas e acústicas diferentes.

The Nelson-Atkins Museum of Art / Steven Holl Architects. Image © Andy Ryan C-Glass House / Deegan Day Design. Image © Taiyo Watanabe Magnolia Mound Visitors Center / Trahan Architects. Image © Timothy Hursley Nelson Atkins Museum of Art / Steven Holl. Image Cortesía de Bendheim + 28

O futuro da arquitetura: serviço de luxo?

Este artigo foi originalmente publicado pela Common Edge como "Na Era da Inteligência Artificial, a Arquitetura se tornará Artesanal?"

Como comida e roupa, os edifícios são essenciais. Toda edificação, mesmo a mais rudimentar, precisa de um projeto para ser construído. A arquitetura é tão central para a construção quanto a agricultura é para a alimentação, e nesta época de rápido avanço nas mudanças tecnológicas, a agricultura pode nos oferecer lições valiosas.

De acordo com o último censo, havia 233.000 arquitetos nos Estados Unidos; e os 113.000 que estão atualmente licenciados representam um aumento de 3% em relação ao ano passado. Além disso, há um número recorde de arquitetos que se qualificam para o licenciamento: mais de 5.000 este ano, quase o mesmo número de graduados com títulos profissionais. Existe agora 1-arquiteto-para-cada-2.900 pessoas nos EUA. Uma colheita abundante, certo?

Quando se trata de construir um aeroporto melhor, "nunca vale a pena usar materiais baratos"

O projeto de um aeroporto é tanto uma arte quanto uma ciência: os melhores terminais não são apenas espaços funcionais, mas também belos e inspiradores. Milhões de pessoas passam por esses terminais todos os dias, mas poucos entendem seu funcionamento interno tão bem quanto Roger Duffy e Derek A.R. Moore - líderes de projeto do SOM que concebem alguns dos projetos de aeroportos mais ambiciosos de todo o mundo, incluindo o Terminal 2 do Aeroporto Internacional Chhatrapati Shivaji, em Mumbai. Nesta entrevista, Moore, diretor, e Duffy, o sócio de projeto, refletem sobre os complicados desafios do projeto de aeroportos e como essas restrições podem alimentar soluções criativas.

Changi International Airport - Terminal 3. Image © Tim Griffith Chhatrapati Shivaji International Airport – Terminal 2. Image Courtesy of SOM / Robert Polidori © Mumbai International Airport Pvt. Ltd. Toronto Pearson International Airport Terminal 1. Image © Timothy Hursley Washington Dulles Internation Airport - Automated People Mover Station. Image Courtesy of SOM / © Jeff Goldberg | Esto + 15

6 Materiais que "envelhecem bem"

Muitas vezes, como arquitetos, negligenciamos como os prédios que projetamos irão se desenvolver quando os entregamos às intempéries. Passamos tanto tempo tentando entender como as pessoas usarão o edifício que podemos esquecer como ele será danificado pelo tempo. É um processo inevitável e incerto que levanta a questão de quando um edifício está realmente completo; quando a peça final de mobília é movida para dentro, quando a telha final é colocada ou quando ele já passou anos a céu aberto deixando a natureza seguir seu curso?

Ao invés de piorar o edifício, as forças naturais podem contribuir para a integridade do material, suavizando e melhorando sua aparência inicial. É importante considerar os materiais após o processo de construção, para criar uma estrutura que só aumente em beleza ao longo do tempo. Para ajudá-lo a alcançar um edifício em evolução, reunimos seis materiais diferentes que envelhecem com dignidade.

Centro de Visitantes Magnolia Mound / Trahan Architects

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley + 16

Baton Rouge, Estados Unidos
  • Arquitetos: Trahan Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 370.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013

18 Fachadas permeáveis impressionantes

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

© Nguyen Thai Thach © Koji Fuji / Nacasa & Partners Inc © Pedro Nuno Pacheco © Gonzalo Viramonte + 20

Recentemente, temos visto muitos projetos que fazem uso de fachadas permeáveis, incluindo alguns vencedores do Building of the Year Award, a ponto de se poder considerar esse elemento arquitetônico uma espécie de tendência ou "moda" na produção contemporânea.

Melhorias na iluminação e ventilação naturais e maior permeabilidade visual são algumas das vantagens proporcionadas por esse tipo de fachada. A seguir, compilamos 15 fotografias que mostram exemplos desse elemento, feitas por proeminentes fotógrafos, como Andrés Valbuena, Pedro Nuno Pacheco e Koji Fuji Nacasa & Partners Inc.

Clínica Pediátrica Harvey / Marlon Blackwell Architect

© Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley © Timothy Hursley + 31