Sandra Pereznieto

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Arquitetura no México: projetos para entender o território de Veracruz

CANCHA / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Image © Sandra PereznietoEstação de Bombeiros BOCA / Taller DIEZ 05. Image © Luis GordoaForo Boca / Rojkind Arquitectos. Image © Jaime NavarroCasa Ivanna / OBRA BLANCA. Image © Adrián Llaguno / Documentación Arquitectónica+ 27

Veracruz é um estado localizado na região leste do México, limitado geograficamente pelos estados de Tamaulipas, Tabasco, Chiapas, Oaxaca, Puebla, Hidalgo e San Luis Potosí, fazendo frente com o Golfo do México. Conta com 71 820 km² de superfície e é o terceiro estado mais populoso do país.

Arquitetura mexicana: projetos para conhecer o território de Tepoztlán

Lounge MA / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra PereznietoBungaló LMM / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra PereznietoCasa Albino Ortega / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Imagem © Sandra PereznietoLounge Tepoztlan / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra Pereznieto+ 12

Tepoztlán é uma região localizada no estado de Morelos, no centro-sul do México, limitada geograficamente pelos estados de Guerrero, Puebla, o Estado do México e a Cidade do México. Possui 242.646 km² de área e é um dos 111 povoados catalogados pelo governo que recebem incentivos para impulsionar o turismo patrimonial e ecológico. 

11 Conselhos para projetar espaços públicos vibrantes

A 3ª Semana Internacional “Placemaking”, realizada anualmente pela organização filantrópica Project for Public Spaces (PPS), teve lugar entre os dias 1º a 4 de outubro de 2019 na cidade de Chattanooga, Tennessee. Anteriormente organizado nas cidades de Amsterdã (2017) e Vancouver (2016), este inspirador e envolvente evento é um espaço de encontro e intercâmbio de ideias entre, pessoas, profissionais e organizações comprometidas com a construção de “lugares”, promovendo a difusão deste conceito tanto no contexto local da cidade sede quanto no nível internacional.

A PPS, responsável pela criação da Placemaking Week, é uma organização focada em promover a cultura, a construção e a manutenção de “lugares”, ou seja, espaços públicos capazes de construir comunidades mais inclusivas e sustentáveis. Em 1999, a Project for Public Spaces publicou o livro “How to turn a place around”, definindo as bases do movimento “placemaking” e fornecendo diretrizes e princípios a serem seguidos para se construir lugares capazes de gerar comunidades mais vibrantes e inclusivas.

Abaixo, compilamos uma lista com onze projetos construídos que ilustram os onze princípios enumerados no livro:

Green Cloud / ZHUBO-AAO. Image © Yang XuRed Ribbon Park / Turenscape. Image © TurenscapeGreen Cloud / ZHUBO-AAO. Image © John SiuSuperkilen / Topotek 1 + BIG Architects + Superflex. Image © Torben Eskerod+ 19

Arquitetura mexicana contemporânea: as casas no Valle de Bravo

Casa terreno / Fernanda Canales. Image © Jaime NavarroCasa m / saavedra arquitectos. Image © Ricardo De La ConchaEntrepinos / Taller Hector Barroso. Image © Rory GardinerCasa CRA / Estudio MMX. Image © Rafael Gamo+ 31

O Valle de Bravo é uma região do Estado de México localizada poucos quilômetros à sudoeste da capital do país. Caracterizada pela presença de um grande lago artificial criado em 1947 com a construção da barragem Miguel Alemán, o Valle de Bravo é hoje responsável pelo abastecimento de água para boa parte da população da Cidade do México e Toluca. Por sua proximidade à capital, a represa é um importante destino de viagens de final de semana, o que acabou despertando o interesse de muitos arquitetos e arquitetas, responsáveis por projetos de arquitetura que encontram ressonância na paisagem oferecendo uma experiência única junto à natureza exuberante de um dos principais vales da planície central mexicana.

Parque Fresnillo / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura + Alin V. Wallach

© Sandra Pereznieto© Jaime Navarro© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 16

Do território ao habitante / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 20

Casas de menos de 100 m²: 30 exemplos de plantas

O desafio de projetar uma casa com um orçamento apertado e metros quadrados escassos, juntamente com o dever essencial de responder corretamente aos requisitos específicos do usuário, pode ser uma das atribuições mais motivadoras e provocativas para um arquiteto. Como aproveitar o espaço da melhor maneira? Como evitar o desperdício de material? Como antecipar a possível expansão futura da habitação? Como desenvolver uma arquitetura simples e ao mesmo tempo entregar um alto valor a seus habitantes?

Mergulhamos em nossa biblioteca de obras para ajudá-lo neste processo, selecionando 30 casas que oferecem soluções arquitetônicas interessantes em 70, 80 e 90 metros quadrados.

Arquitetura e habitação coletiva: 50 projetos de apartamentos no México

Edificio Las Terrazas / Landa + Martínez Arquitectos. Image © Agustín Landa RuilobaEdificio MO47 / ZD+A. Image © Jaime NavarroHigh Park / Rojkind Arquitectos. Image © Mariana GarcíaLa Esmeralda / JSa. Image © LGM Studio - Luis Gallardo+ 51

O clima talvez seja a mais elementar e fundamental das condicionantes em um projeto de arquitetura. As condições atmosféricas de um determinado lugar podem ser vistas como um desafio e até mesmo, um problema o qual solucionar. Muitas vezes, em climas extremos, é preciso utilizar materiais isolantes e soluções construtivas específicas para poder lidar com a hostilidade das condições ambientais. Entretanto, quando se trata de um país tropical como o México, com seu clima privilegiado, o clima passa a ser um ponto positivo, um aliado dos arquitetos, algo que os permite transitar entre a arquitetura e a paisagem de forma fluida e dinâmica, criando microclimas e espaços que se esparramam para fora ou incorporando a natureza em seu centro, jogando com os limites entre interior e exterior de uma forma criativa e fecunda para a própria arquitetura.

Casa Nakasone / Escobedo Soliz

© Ariadna Polo© Ariadna Polo© Ariadna Polo© Sandra Pereznieto+ 26

Cidade do México, México
  • Arquitetos: Escobedo Soliz
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arcelor Mittal, Cemento Cruz Azul

Banheiros de concreto aparente: Brutalismo no espaço íntimo

Por que usar concreto nos banheiros?

Béton brut ou "concreto bruto" é um material naturalmente poroso que oferece muitas vantagens para o projeto e a construção de um banheiro. Como material impermeável e resistente à pressão, é fácil de limpar, não se deteriora, previne o fungo do banheiro e possui uma baixa manutenção. Atraente e funcional, o concreto é versátil tanto para mobiliário no local como para o revestimento de parede, pisos e até pisos de áreas molhadas. Além disso, devido à sua massa térmica, o concreto é um excelente material para aquecimento de piso.

Estación habitable / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 13

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  34
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Basaltex

O uso da piscina em casas, hotéis e edifícios públicos mexicanos

Casa Kutz / CPDA Arquitectos. Image © Tamara UribeCasa Volta / Ambrosi I Etchegaray. Image © Sergio LópezCasa Z / Zozaya Arquitectos. Image © Rafael GamoCarpa Olivera / Colectivo Urbano. Image © Onnis Luque+ 45

O clima é um dos principais fatores que definem a arquitetura específica de um lugar. Em se tratando de situações extremas, as condições climáticas podem se transformar em um grande desafio para a arquitetura, demandando a utilização de complexos sistemas de isolamento para viabilizar a habitabilidade dos edifícios em ambientes hostis. Entretanto, quando o clima favorece, ele se volta à favor dos arquitetos, permitindo o desenvolvimento de soluções arquitetônicas intimamente conectadas ao seu ecossistema específico, dissimulando os limites entre arquitetura e paisagem.

A reconstrução de um país: doze projetos sociais no México após o terremoto de 2017

Casa Karina / Francisco Pardo Arquitecto. Image © Jaime NavarroCasa Rosario / DOSA STUDIO + Rojkind Arquitectos. Image © Zaickz MozCasa Rosales / Israel Espin. Image © Zaickz MozCasa Mulato / taller paralelo. Image © Zaickz Moz+ 15

A produção arquitetônica no México tem enfrentado uma série de desafios ao longo dos últimos anos, muito principalmente devido aos abalos sísmicos que castigaram o país em 2017. Ao menos novo estados foram gravemente afetados: do Distrito Federal até Guerrero, passando de Oaxaca à Veracruz, Puebla e Morelos. Entretanto, o desastroso terremoto sacudiu também boa parte da comunidade de arquitetos, que unindo forças, abraçaram o desafio de reconstruir o país. Este exercício fez com que muitos arquitetos se tornassem mais conscientes à respeito das condições urgentes das camadas mais vulneráveis da população.

Casa Cabo / Dellekamp Arquitectos

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 21

San José del Cabo, México
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Aviglass, Boffi, Luz en Arquitectura

Casa Teatro / Cadaval & Solà-Morales

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 25

Barcelona, Espanha

Lounge MA / Cadaval & Solà-Morales

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 32

Residência na Rocha / Cadaval & Solà-Morales

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 52

Valle de Bravo, México

Nissan Renault Finance Mexico / Dellekamp Arquitectos

© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto© Sandra Pereznieto+ 16