Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais

Lluís Casals

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Como utilizar e reutilizar as chaminés na arquitetura

Francis D. K. Ching [1] caracteriza uma chaminé como “estrutura vertical incombustível, que contém um conduto através do qual a fumaça e os gases de uma fogueira ou fornalha são impelidos para o exterior e por meio do qual é criada uma corrente de ar”. Enquanto seus canos podem ficar ocultos em paredes ou outras estruturas, o topo da chaminé geralmente permanece proeminente, com o intuito de levar os gases de dentro para fora, sem sujar o ambiente ou prejudicar a saúde dos ocupantes. Sendo elementos verticais, há chaminés que se tornam grandes marcos na paisagem urbana, sobretudo em projetos industriais. No momento do desenho, decidir sobre o “peso” que terá a chaminé no projeto é imprescindível. Na Casa Milá, por exemplo, Gaudí coroa o edifício de formas sinuosas e curvilíneas com chaminés esculturais. Há casos em que a sobriedade da construção é espelhada em sua chaminé e outros que o elemento vertical busca ser o mais oculto possível. Recentemente, também, muitas chaminés têm sido reformadas para novos usos ou novas tecnologias mais limpas. Seja no papel de destaque, de integração ou oculto na edificação, veja abaixo algumas dicas de projeto e possibilidades de uso.

Hotel Sir Joan Ibiza / Ribas&Ribas Architects

© Lluis Casals© Lluis Casals© Lluis Casals© Lluis Casals+ 13

Obras de adequação para o acesso turístico às coberturas / Marina Uno Arquitectos

© Lluis Casals© Lluis Casals© Lluis Casals© Imagem + 25

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  247
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2014
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: BEC, Led Linear

Em Detalhe: Pátios

O pátio interior é um "espaço exterior contido", diversos elementos básicos qualificam o espaço criado como mobiliários, vegetação, presença da água, paredes - opacas ou transparentes - e pisos.

Além de cumprir com um papel fundamental na configuração de plantas dos edifícios, o pátio interior funciona na maioria dos casos como o ponto central do edifício, a partir do qual se organizam os demais recintos e funções do projeto. É através dele que os ambientes ganham iluminação e ventilação natural quando as aberturas nas fachadas não são suficientes.

A seguir, apresentamos uma seleção de 13 pátios interiores de residências e edifícios.

Duplex em Gracia / Zest Architecture

© Lluís Casals© Lluís Casals© Lluís Casals© Lluís Casals+ 15

  • Arquitetos: Zest Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  277
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2014
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: d+b

Residência Aguirre em Bayona / Carrascal•Blas

© Lluìs Casals© Lluìs Casals© Lluìs Casals© Lluìs Casals+ 20

Campus de Comunicação Poblenou / RQP Arquitectura

© Lluís Casals© Lluís Casals© Lluís Casals© Lluís Casals+ 23

Barcelona, Espanha
  • Arquitetos: RQP Arquitectura
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  15163
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2008