Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Gareth Gardner

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Pós pós-modernismo: 10 projetos que reinterpretam o movimento na era digital

Não é nenhum segredo que o pós-modernismo, ao longo dos últimos anos, tem passado por uma espécie de renascimento. Sua exuberância e entusiasmo, duramente criticados por muitos arquitetos, talvez sejam um bálsamo nestes momentos tão difíceis pelos quais o mundo está passando. Ou ainda, para parte de nossos colegas, o movimento talvez sirva apenas para criar edifícios fotogênicos que são posteriormente publicados no Instagram. 

Dito isto, vale ressaltar que não estamos tratando aqui exatamente daquele pós-modernismo que surgiu durante os anos 60. O pós-modernismo que aqui nos referimos, é aquele que além de preocupar-se com as preexistências e com o contexto, também procura se reinventar através das novas tecnologias. Instalações e outras formas efêmeras de arquitetura também podem possibilitar uma nova perspectiva sobre a nossa prática profissional, e quando documentadas e catalogadas, estas obras ficam a disposição de todos para futuras pesquisas e consultas. Talvez estejamos lidando não mais com algo reacionário, contra a hegemonia do modernismo; a bandeira que os principais pós-modernistas de outrora levantavam e defendiam. O pós-modernismo de hoje pode ser algo ao mesmo tempo alegre e reservado, vernacular e altamente tecnológico.

Landmark Nieuw Bergen / Monadnock . Image © Stijn Bollaert Temple of Agape / Morag Myerscough and Luke Morgan. Image © Gareth Gardner A House for Essex / FAT and Grayson Perry. Image © FAT © Rasmus Hjortshoj + 70

Pós-modernismo póstumo: porque devemos parar de usar o termo mais mal compreendido da arquitetura

© Giacomo Pala
© Giacomo Pala

Esperávamos que ele retornasse no começo dos anos 2000. Foi celebrado na exposição “Postmodernism: Style and Subversion, 1970 – 1990” no Victoria & Albert Museum em Londres no ano de 2011. Agora, mais do que nunca, depois de ouvirmos pela enésima vez sobre uma possível "retomada do pós-moderno", finalmente podemos afirmar: o termo "pós-modernismo" voltou para ficar. Embora a expressão esteja na moda no mundo da arquitetura, seu significado não é suficientemente claro para a maioria das pessoas. Na verdade, ela vem sendo utilizada para se referir aos mais variados significados: arquitetos tem usado o termo "pós-moderno" para definir projetos "na moda", alguns críticos a utilizam para descrever tudo o que é colorido demais, ao passo que alguns teóricos a têm usado para afirmar que, conceitualmente, a arquitetura foi subjugada à tecnologia ou ao seu puro formalismo, transformando-se em nada mais que uma caricatura de seus pressupostos valores morais.

Concordando com isso ou não, precisamos todos refletir sobre o que atualmente significa o "pós-modernismo" na arquitetura. Afinal, se voltamos a utilizar com frequência um dos termos mais mal interpretados e contraditórios já introduzidos em nosso campo, devemos ao menos ter consciência de seu real significado.

Conheça os interiores do novo Museu de Design de Londres

Este mês, o Museu de Design de Londres inaugurará oficialmente sua nova sede em Kensington High Street. O projeto, realizado através de uma colaboração do OMA com o escritório londrino Allies & Morrison, interferiu sensivelmente em um monumento tombado, transformando seus interiores em galerias contemporâneas. Para John Pawson -- que foi encarregado de criar "uma série de espaços calmos e atmosféricos" organizados em torno de um grande átrio -- o projeto é sua primeira grande obra pública.

Planta do mezanino Planta do segundo pavimento Planta do térreo Planta do primeiro pavimento + 17

RIBA divulga lista com 46 vencedores do National Awards 2016

O Royal Institute of British Architects (RIBA) anunciou os vencedores do RIBA National Awards 2016. Os finalistas para o RIBA Stirling Prize para as melhores edificações do Reino Unido do ano serão escolhidos dentre estes 46 edifícios premiados.

Divulgados os finalistas do RIBA London Awards 2016

Um total de 68 edifícios foram restritamente selecionados para o 2016 RIBA London Awards, inclusive projetos dos escritórios John McAslan + Partners, dRMM Architects, Níall McLaughlin Architects, Eric Parry Architects e Rogers Stirk Harbour. Todos os edifícios finalistas serão visitados e cuidadosamente avaliados por quatro jurados locais e os vencedores regionais serão contemplados para o RIBA National Award. Os finalistas do RIBA Stirling Prize - concedido ao o melhor edifício do ano do Reino Unido - serão os vencedores do RIBA National Award.

Confira, a seguir, a lista completa das obras finalistas.

Edifício Bob Champion / Hawkins\Brown

© Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner + 19

Escolas  · 
Norfolk, Reino Unido

Sede da Warner Music no Reino Unido / Woods Bagot

© Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner + 31

Escritórios  · 
Londres, Reino Unido
  • Arquitetos de interiores Autores deste projeto de arquitetura Woods Bagot

Templo de Ágape / Morag Myerscough + Luke Morgan

© Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner + 30

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Morag Myerscough , Luke Morgan
  • Artistas Autores deste projeto de arquitetura Morag Myerscough, Luke Morgan

10 Hanover Street / Squire and Partners

© Gareth Gardner © James Balston © James Balston © Gareth Gardner + 34

Apartamentos  · 
Londres, Reino Unido

Casa Mayfair / Squire and Partners

© Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner © Gareth Gardner + 21

Casas  · 
London, Reino Unido