Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos

Artigos

De mansões de psicopatas a casas de super-heróis: como o Cinema e a Arquitetura Moderna chegaram a uma trégua

Chemosphere, por John Lautner, arquiteto cuja obra foi muito usada (e abusada) por Hollywood. © Joshua White/JWPictures.com
Chemosphere, por John Lautner, arquiteto cuja obra foi muito usada (e abusada) por Hollywood. © Joshua White/JWPictures.com

Este artigo vem como cortesia da amiga Charlotte Neilson, autora do fascinante blog de design Casting Architecture, que discute arquitetura e direção de arte. Charlotte não é só uma dedicada cinéfila, mas também uma graduada de honra da University of Newcastle, Australia.

Todos sabemos que psicopatas preferem o design contemporâneo. Hollywood nos diz isso por décadas. A clássica conexão entre interiores minimalistas e o desapego emocional (veja: qualquer adversário de James Bond), ou entre edifícios modernos e valores subversivos, é bem documentada no cinema - e lamentável. A filosofia moderna de chegar à essencia de um edifício foi concebida para liberar e enriquecer a vida de seus ocupantes. Então, é pouco justo que essas construções sejam rotineiramente retratados como associações à vilões.

O que a representação da Arquitetura Moderna nos filmes nos conta sobre nossa sociedade, abaixo...

JH House / Bernardes + Jacobsen. © Leonardo Finotti. Ben Rose House, 1952-54, projetada por A. James Speyer. Imagem via Mid-Centuria. A Elrod House do Arquiteto John Lautner. Imagem via Expoint Realty. Image via Flickr User CC Chris Lott.. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a> + 8

Ruas pavimentadas com plástico reciclado: O exemplo de Vancouver

Vancouver tem um objetivo claro: converter-se na cidade mais verde do mundo até 2020. Como meta, não é nada fácil e para a incentivar a população que supera os 600.000 habitantes - segundo censo realizado em 2011 – o Conselho da cidade elaborou um Plano de Ação para realizá-lo. Através de objetivos classificados em áreas, como “Acesso a Natureza”, “Zero Resíduos” e “Transporte Verde”, que tentarão mudar o entornos imediato das pessoas para que vejam os benefícios ambientais que se podem conseguir com medidas simples.

Fotografia: Igrejas Modernas de Meados do Século por Fabrice Fouillet

© Fabrice Fouillet
© Fabrice Fouillet

Enquanto a Europa se recuperava da morte e da destruição da Segunda Guerra Mundial, os países começaram a reconstruir suas comunidades e, é claro, suas igrejas. A necessidade de dar sentido a loucura da guerra era palpável - como foi a necessidade de expressar esta espiritualidade moderna de uma forma que rompeu com o passado e abraçou este novo mundo.

O resultado foi diversas de igrejas europeias que - embora muitas vezes mal compreendidas pelos praticantes - representam alguns dos nossos exemplos mais bem preservados da arquitetura modernista. O fotógrafo Fabrice Fouillet fez de sua missão fotografar estas belezas em uma série que ele chama de "Corpus Christi". Você pode ver as imagens - bem como a descrição de Fouillet sobre o trabalho - após o intervalo ...

Fritz Hoger’s Kirche am Hohenzollernplatz in Berlin,1933. Image © Fabrice Fouillet. Nicholas Kasiz’ St.Remy,1957. Photo © Fabrice Fouillet Frères Sainsaulieu’s Notre Dame du Chene in Viroflay, France, completed in 1966. Image © Fabrice Fouillet © Fabrice Fouillet + 14

Mayac & Leech / Attanasio Mazzone

Mayac & Leech são uma mesinha e um rack tansportáveis, multifuncionais e fáceis de armar. São os primeiros dos produtos para a casa desenhados pelo designer italianoAttanasio Mazzone para NotWaste, uma jovem empresa de design mexicana. Esta primeira coleção faz uma reflexão sobre a mobilidade doméstica dos objetos, em particular os que resultam difíceis de transportar, os que não têm aquela alça que facilitaria tudo.

Espetáculo de milhões de luzes LED transformam um jardim botânico japonês em um paraíso invernal

A partir de hoje até 31 de março de 2013 será exibido o espetáculo de iluminação mais impressionante no Jardim Botânico da ilha de Nagashima, em Kuwana, Japão. Um parque temático de luz com milhões de LED foi premiado como uma dos melhores expoentes de iluminação nos últimos tempos. O tema deste ano é a "natureza" e promete cenas magníficas, criando paisagens e túneis luminosos em pleno inverno.

Mais informações, abaixo.

© vía mymodernmet © vía mymodernmet © vía mymodernmet © vía mymodernmet + 22

Os espaços verdes públicos – Entre demanda e possibilidades efetivas

Os espaços verdes públicos constituem um dos principais articuladores da vida social. São lugares de encontro, de integração e de trocas; promovem a diversidade cultural de uma sociedade; e criam valor simbólico, identidade e a sensação de se pertencer a um lugar. Essas características fazem com que os governos locais desenvolvam estratégias para o surgimento de novos espaços verdes, estratégias para aperfeiçoar sua manutenção, melhorar a qualidade de seus equipamentos e potencializar seus acessos. Nesta perspectiva, muitas questões quanto à promoção e gestão destes espaços são levantadas e instalam uma delicada articulação entre demanda e possibilidades efetivas.

Luz natural e Arquitetura: o legado deixado por Oscar Niemeyer

Luz e Arquitetura, dois conceitos que estão profundamente relacionados desde os tempos mais remotos. Exemplos inspiradores do tratamento expressivo da luz são abundantes e servem como um guia na produção do entorno construído em um determinado período histórico. Recentemente, se foi uma grande referência que aspirávamos ser: Niemeyer, que utilizava a luz natural como ferramenta para a classificação dos espaços e formas, e como requisito de expressão e significado. Por isso, o enfoque através de um elemento tão importante como a luz natural, serve de pretexto para analisar seu trabalho, a motivação e refrescante maneira de analisar criticamente seu projetual método de desenho.

Mais informação a seguir.

via parq via parq via parq via parq + 18

Técnica e Aparência: o Desafio do Presente / David Leatherbarrow

As Tics e sua integração com a vida do homem: uma oportunidade para regenerar o espaço público?

É evidente que hoje em dia o "espaço público - a tradicional praça" já não é um grande atrativo para a sociedade contemporânea, que cresceu com a revolução das telecomunicações, o nascimento da internet e conectada com as redes sociais. Já não faz falta um entorno físico para realizar atos básicos cotidianos como informar-se, comunicar-se, comprar e muitos outros, fazendo com que o espaço público se encontre destituído de sua necessidade funcional e por isso perca valor dentro da trama urbana.

Oito técnicas para fazer das cidades lugares realmente transitáveis

Ao longo dos anos, já não nos impressiona saber que a frota tem crescido de uma forma assustadora. Isso se reflete em uma recente medição do Instituto Nacional de Estatística (INE), que mostra que, nos últimos cinco anos, este setor teve um aumento de 30%.

A Intersecção B / Kim Myung Hyun

Este sistema de mobiliário criado pela designer coreana Kim Myung Hyun busca economizar espaço mediante distintas combinações das diferentes peças. Como o número da tribo dos independentes aumenta, novas alternativas de móveis para pessoas solteiras são introduzidos no mercado. Geralmente são pessoas ativas no gasto de dinheiro para eles mesmos, e preferem um mobiliário que reflita os seus gostos. Além disso, buscam produtos otimizados para uma eficiente utilização do espaço.

Guía de Presentes de Natal para Arquitetos

Chegou mais um fim de ano, época de celebrações e também de  muita correria em busca do presente ideal.

Cadeira Echosim / JaeYoung Jang

Echosim é uma cadeira criada pelo designer coreano JaeYoung Jang inspirada nas cordas e som de um violão. O som é um presente especial. É uma ferramenta para expressar as emoções e a mente, e uma ferramenta para permitir a experiência de emoções diferentes. Pensada como um objeto de arte, o som pode criar novas histórias através do seu encontro com os usuários desta obra. 

Procura-se conferencistas que falem de Luz na Enlighten Americas 2013

A Associação Internacional de Designers de Iluminação (IALD) está procurando especialistas para apresentarem-se na Enlighten Americas 2013. Enlighten Americas ocorrerá de 3 à 5 de outubro de 2013, no Hyatt Regency Montréal, em Quebec, Canadá. O prazo apra apresentar uma proposta como conferencista é até o dia 18 de Janeiro de 2013.

Mais informações a seguir.

Cadeira South beach / OD Design

Quem nunca relaxou em uma famosa cadeira Adirondack? Este grande clássico da América do Norte foi um êxito devido a sua comodidade e sua forma, bastante avançada para seu tempo. A cadeira South Beach, do estúdio de design OD Design, adota estas características atualizando o design.

Cinema e Arquitetura: "Grande Hotel"

Recentemente exibido no Arquitectura Film Festival Santiago de Chile 2012, o documentário "Grande Hotel" mostra o decadente estado atual de um hotel de 12000 m², ostentoso e imponente, construído em 1955 nas costas da colônia portuguesa de Beira, em Moçambique. A diretora Lotte Stoops contrapõe imagens da época - que ilustram a majestosidade de seus espaços interiores e jardins - com material contemporâneo que coloca em evidência a transformação do edifício 60 anos mais tarde, onde atualmente vivem em suas ruínas mais de 2500 pessoas que tentar seguir a diante.

FICHA TÉCNICA

Titulo original: Grande Hotel
Ano: 2010
Duração: 70 min.
Origem: Bélgica, Moçambique
Diretor: Lotte Stoops
Produtor: Ellen De Waele
Co-Produtor: Denis Vaslin
Diretor de Fotografia: Joao Robeiro
Produção: Serendipity films, Volya Films

Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana

Enquanto em algumas cidades os edifícios abandonados são demolidos para serem erguidos novos projetos nem sempre reivindicam o caráter público nem comunitário de um lugar, existem outros que o fazem. estes casos de revitalização urbana validam o direito a cidade por parte de seus habitantes e lhe dão uma nova concepção do espaço público, como lugar de encontro, identificação e entretenimento.

Bookworm / Atelier 010

Bookworm é a resposta escultórica do escritório de arquitetura Atelier 010 ao encargo de projetar e produzir uma estante orgânica. Devido a sua forma curva, o mobiliário oferece também um lugar para sentar e relaxar.

O Amanhecer de uma cidade moderna

A cidade do século XIX é produto da Revolução Industrial. Os efeitos do abandono das áreas rurais e das condições extremas de aglomeração foram os temas centrais aos quais buscou dar respostas. Em Buenos Aires, o problema da cidade era sua concentração populacional e sua pressa de crescimento. A pobreza historicamente tem sido um mal endêmico, mas se redimensionou quando milhares de ricos tomaram contato com milhares de pobres.

Conheça a artista por trás desses surpreendentes playgrounds

Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.
Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum.

Toshiko Horiuchi MacAdam é conhecida por seus enormes e coloridos esculturas/playgrounds. O exemplo mais famoso de seu trabalho é a extensa estrutura-rede dentro do Pavilhão "Woods of Net" Pavilion no Hakone Open Air Museum no Japão - na qual Horiuchi MacAdam tricota, inteiramente a mão, no período de um ano.

Nós reservamos um momento para conversar com a Sra. Horiuchi MacAdam sobre o Pavilhão e seus outros trabalhos, como eles ligam o mundo da arte e da arquitetura, e como eles convidam o mundo para brincar. Você pode ler a entrevista, e ver mais imagens dessas estruturas fantásticas, abaixo...

© Masaki Koizum © Masaki Koizum Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum. Wonder Space II, by Toshiko Horiuchi MacAdam and Interplay, at Hakone Open Air Museum. Photo © Masaki Koizum. + 19

Eduardo Souto de Moura Sketchbook No.76

Sketchbook No. 76 é a reprodução de um caderno de desenho do arquiteto renomado Português e laureado com o Prêmio Pritzker do ano passado, Eduardo Souto de Moura. O caderno estava em uso entre setembro de 2011 e janeiro de 2012, e registra as primeiras ideias, esboços, estudos e anotações espontâneas que oferecem um ponto de partida para cada projeto, mas também a função como um recurso de trabalho. Pode-se literalmente experimentar o processo de projeto arquitetônico e o desenvolver de idéias existentes em diferentes variantes. Sketchbook No. 76 é uma homenagem ao meio do desenho e manifesta que este método de trabalho continua a ser um elemento essencial do processo criativo.

Vídeo: Dialogar com a luz por Antoni Arola

Sentado em sua mesa de trabalho, rodeado de seus “objets trouvés”, seus livros, sua luz, Antoni Arola expressa nesta entrevista como aborta o processo de criação de uma luminária, o caminho que segue para passar da ideia primária a um objeto de iluminação com entidade própria. Fala de sua forma de olhar, sua forma de fazer... de como se deve olhar para enxergar o que não há. E de seu desejo de alcançar em cada projeto seu objetivo: domesticar a luz, fazer com que seja próxima, encontrar o arquétipo que a converte em universal e atemporal.

Mais informação a seguir.

Coleção Bento / Form us with Love

O estúdio de design Form us With Love foi encarregado por ONFC para desenhar a primeira peça desta coleção, e eles decidiram começar pelo móvel mais emblemático que existe: a cadeira. Estas são particularmente complicadas porque é difícil encontrar um estilo que se sente que é genuinamente novo. Mas como a ONFC tem um novo enfoque como empresa, sentiram que era uma oportunidade para acrescentar algo novo no universo das cadeiras. Como projetistas, em geral enquanto mais limitações existem, melhor será o produto final.

Oscar Niemeyer, por Vinicius de Moraes

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.