Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos

Artigos

Taburete Fractal / Mashallah + Xavier Manosa

Fractal, criado pelo estúdio de design Mashallah em colaboração com Xavier Manosa, é um móvel estofado feito em duas partes. A parte superior é uma almofada de espuma macia que contorna as extremidades da base de cerâmica. Quando juntas, as estruturas poligonais caóticas constróem um forte vínculo que torna esta peça um banco utilizável.

Mobiliário Urbano Macarao / AGA Estudio Creativo

O assento Macarao, criado por AGA Estudio Creativo, atende e sintetiza uma série de temas que ocupam seu interesse. Por uma parte os conceitos de modularidade, conectividade e descentrabilidade. Por outra, a relação cidade-objeto-paisagem e as possibilidades de linguagem que existem em seus limites ou encontros. Foi isto que impulsionou a criação de um elemento que possibilita o diálogo entre similaridades e diferenças, lógica e sorte, igualdade e diversidade, próximo e disperso, que seja único ou um conjunto, com a claridade de recriar uma situação diferente em cada contexto.

Quiet and Call / Studio TILT

Quiet and Call, do estúdio londrino TILT, foi concebida através de um processo colaborativo com a equipe e os pacientes do Whittington Hospital’s Outpatient Pharmacy. Um espaço pessoal seguro, seja de pé ou sentado, foi a ideia chave do projeto.

Arte e Arquitetura: Uma Fachada Composta por Janelas Recicladas

Em 2012, o fotógrafo Nick Olson e a designer de moda Lilah Horwitzr renunciaram seus postos de trabalho para assumir o ambicioso projeto de desenhar e construir, com suas próprias mãos, uma casa nas montanhas de Virginia Occidental. Como bons artistas, decidiram que sua casa deveria responder à suas visões artísticas e a um estilo de vida em permanente busca e criação. Assim, fizeram uma campanha para juntar e reciclar uma grande quantidade de janelas para construir a fachada principal de sua nova casa.

Este é o resultado.

© Vía This Is Colossal © Vía This Is Colossal © Vía This Is Colossal © Vía This Is Colossal + 9

A cidade de Nova York estaria "Atrasando" seu Futuro?

Um estudo recente realizado pela REBNY, Real Estate Board of New York (Conselho Imobiliário de Nova York) concluiu que, ao preservar 27,7% dos edifícios em Manhattan, "a cidade está evitando seu futuro econômico". REBNY vem desafiando a Comissão de Preservação de Monumentos, argumentando que isso tem muito poder quando se trata de decisões de planejamento, e que ao tornar os negócios tão difíceis para os investidores, sufoca-se o crescimento da cidade.

No entanto, três dias antes do lançamento deste estudo, o presidente da REBNY, Steve Spinola, disse em uma entrevista ao WNYC que "se você perguntar aos meus membros, eles dirão a você que [os doze anos de mandato do prefeito Bloomberg] tem sido um grande período para eles ". A conclusão da matéria citada é de que a última década tem sido realmente uma época de maior crescimento para os investidores, em vez de um período de estagnação.

Seria fácil ecoar a opinião de Simeon Bankoff, diretor-executivo do Conselho de Distritos Históricos, que acredita que as ações de REBNY reduzem-se a ganância, mesmo comparando seus membros a Gordon Gekko, o anti-herói do filme Wall Street. Mas é realmente a ganância o que está por trás deste ataque à Comissão de Preservação de Edifícios? Saiba mais a seguir.

Cinema e Arquitetura: "Tron: o Legado"

Algum tempo atrás mencionamos este filme e o papel do diretor e arquiteto Joseph Kosinski no seu desenvolvimento da paisagem futurista. Agora é hora de incluir na nossa lista de Cinema e Arquitetura, este remake do filme Tron de 1982, de Steven Lisberger. Na época, foi o primeiro filme a mostrar uma representação espacial de mundo do computador como um ambiente inabitável.

Coleção Tiras / OVO

A série Tiras, criada pelo estúdio brasileiro de design OVO, está formada por muitas tipologias diferentes: cadeiras, bancos coletivos com ou sem encosto, mesas individuais. Diversas estruturas metálicas recebem tiras estofadas ou de madeira.

Poltrona Amalia / Eggpicnic

Atualmente, muitos objetos não possuem nenhum caráter simbólico ou cultural. Todavia, os objetos produzidos com base em técnicas e materiais tradicionais são capazes de estabelecer um vínculo entre quem os produz e o usuário, um vínculo entre o material e a técnica utilizada para sua criação, reativando, assim, aspectos próprios da cultura.

Amalia, dos designers Christopher Macaluso e Camila de Gregorio, do Eggpicnic, consiste num projeto que aborda uma série de aspectos tradicionais, que na modernidade muitas vezes aparecem ofuscados.

Michael Green: Por que devemos construir arranha-céus de madeira

Até o momento, os arquitetos se mostraram reticentes em usar madeira na construção de edifícios em altura. Questões como custo, segurança estrutural e resistência ao fogo, para citar alguns poucos, levaram o concreto e o aço à preferência de escolha ao redor do mundo. 

Entretanto, o arquiteto Michael Green assegura que devemos começar a substituí-los por madeira, já que a produção de concreto e aço contribuem significativamente com as emissões de gases de efeito estufa no meio ambiente. Para tornar esta mudança de paradigma possível, Green apresenta sua proposta FFTT / Find the Forest Through the Trees (Encontrar a Floresta entre as Árvores), que utiliza painéis rígidos de madeira laminada, que obtêm sua resistência estrutural pela sobreposição de muitas camadas finas.

Mais informações sobre este sistema construtivo a seguir.

Os Corredores 2.0: Como integrar o transporte público na tarefa de fazer cidades?

As iniciativas anunciadas sobre os “Corredores 2.0”, orientadas a melhorar a qualidade do transporte público da cidade de Santiago, no Chile, abre-nos a possibilidade de assumir alguns desafios pendentes em nossas cidades, como a de pensar de maneira integral as relações entre a qualidade do transporte e a do espaço público que o recebem, pondo no centro da questão as necessidades do pedestre, que é habitante, transeunte e viajante cotidiano. Além disso, convida a assumir o papel que o transporte público deve cumprir no desenvolvimento urbano e social da cidade.

Demodé: mobiliário textil / Bernardita Marambio Design Studio

DEMODÉ é um novo material desenvolvido pela designer chilena Bernardita Marambio que busca reaproveitar resíduos têxteis, compostos tanto por matéria natural quanto de origem plástica. Os resíduos são aglomerados com um adesivo 100% biodegradável a base de amido que confere resistência estrutural ao material.

Com este projeto se pretende amortizar, em grande parte, a alta porcentagem de resíduos têxteis que acabam em aterros sanitários, provenientes da indústria chilena que se concentra, sobretudo, em Santiago (apenas nesta cidade são produzidas cerca de 46 mil toneladas deste tipo de resídio por ano).

Google Street View sobe a Torre Eiffel

Confira o vídeo acima e este artigo que mostram como foram capturadas as imagens do Google Street View de cima da Torre Eiffel. Além do clássico parisiense de 1889, a equipe do Google também foi até à Dubai, registrar imagens panorâmicas de cima do Burj Khalifa.

Cinema e Arquitetura: As Estruturas Futurísticas de Oblivion

Sobre as apocalípticas nuvens de uma Terra devastada, levanta-se a casa "Sky Tower" do filme Oblivion (2013), escrito e dirigido pelo diretor Joseph Kosinski. A estrutura, que parece ser inspirada na Casa Stahl (Case Study # 22) de Pierre Koenig, se compõe de linhas finas modernistas e grandes fachadas de vidro sem montantes, incluindo um heliporto estendido sobre uma impressionante piscina transparente. A casa está estruturada apenas por uma coluna incrivelmente delgada, que parece não ser afetada pelo vento ao longo do filme.

O diretor concebeu o desenho da torre baseado em representações de um modelo 3D, realizado por ele mesmo. Joseph Kosinski é formado pela Universidade de Columbia em licenciatura na Arquitetura, o que explica a forte influência arquitetônica em seu filme.

Mais sobre as incríveis estruturas do longa e um vídeo dos bastidores da gravação a seguir.

Revisteiro City Sunday / Minus tio

Esta revisteira-prateleira chamada City Sunday foi criada pelo estúdio sueco de design Minus-tio, e é inspirada nas estruturas reais e utópicas da cidade. Fabricada em cabos de aço de diversas cores, cada unidade tem 1000 mm de largura e suporta cerca de 20 revistas.

Entrevista: William Hunter discute o urbanismo controverso de Dharavi

Dharavi - a maior favela da Ásia, com um milhão de pessoas e uma densidade média de 18 mil habitantes por acre - está no centro de uma acalorada discussão entre seus habitantes, o governo e investidores privados, por se localizar em um dos mais promissores bolsões de especulação imobiliária da Índia. Enquanto o governo busca soluções para "dissolver" a favela e relocar seus habitantes em edifícios em altura, a abordagem do investidores, visando o lucro, colocou os habitantes na defensiva, "fazendo de Dharavi a tempestade um de urbanismo controverso", segundo o arquiteto, urbanista e autor William Hunter.

Com esta discussão em pauta, gostaríamos de redirecionar os leitores e leitoras a esta entrevista de Andrew Wad, na qual é discutida a terrível situação de Dharavi e o tema do novo livro de Hunter, Contested Urbanism in Dharavi: Writings and Projects for the Resilient City. Leia a entrevista na íntegra aqui, e recapitule a situação de Dharavi nesta notícia publicada no ArchDaily Brasil.

Cidades visíveis: um método errante / João Diniz

As cidades têm caráter
na história e na imagem
no convite e na acolhida
ao que chega e estuda
na distante busca real
de encontrar novidades
em espaços construídos
nas pessoas e nos fatos
ocorridos na temporada

Mesa NZELA / KAYIWA

NZELA é uma mesa modular robusta criada pelo estúdio de design KAYIWA e fabricada em madeira compensada de bétula. Opta-se por este tipo de madeira, ao invés da madeira maciça natural, pois possui melhor resistência aos efeitos causados pela umidade. Sua montagem sem ferramentas tarda apenas três minutos por mesa e permite unir sem problemas - em qualquer direção - muitas outras. O armazenamento também é simples e fácil - é possível desmontar e colocar as partes da mesa em uma grande variedade.

Seis dicas para escritórios na era digital

Este artigo de Ken Micaleff foi publicado como "Clients for Life: 6 Tips to Generate Leads and Build New Business" em Line Space Shape; apresenta as indicações de John Beveridge, profissional a 30 anos em gestão e consultoria.

"Como muitos pequenos empresários", diz Beveridge, "também tento competir com empresas maiores, tentando me manter no mercado".

E para fazê-lo, Beveridge ressalta a importância do marketing online. Mas, criar um site profissional é apenas o primeiro passo.

Veja as seis dicas de Beveridge a seguir.

Luminárias de papelão ondulado / Guillermo Cameron Mac Lean - Estepa

As luminárias são um dos resultados da pesquisa realizada pelo projeto Estepa, composto por Guillermo Cameron Mac Lean e William Clark, em colaboração com a Fundação Margarita Barrientos. O projeto é um empreendimento de fins sociais e ambientais para ampliar as oportunidades de desenvolvimento social dos setores mais desfavorecidos, através da formação e do trabalho.

Especificamente, a intenção é trabalhar usando as ferramentas necessárias para transformar a matéria-prima de descarte em produtos de design para posterior comercialização, envolvendo todas as áreas e etapas da cadeia produtiva, desde a coleta até a distribuição, incluindo a concepção e produção.

Dia Mundial da Fotografia: 13 Fotógrafos de arquitetura

Em homenagem ao Dia Mundial da Fotografia selecionamos 13 fotógrafos de arquitetura que nos surpreenderam com o seu trabalho durante este ano de 2013. Desde o mais famosos e internacionalmente cotados Iwan Baan e Thomas Mayer, aos mais local e Miguel de Guzman ou Fran Parente. Cada um destes fotógrafos tem viajado por todo o mundo registrando o melhor da arquitetura contemporânea mundial. Nosso respeito e carinho ao trabalho de todos!

Casa das Histórias Paula Rego by Eduardo Souto de Moura© Fernando Guerra Guggenheim Bilbao by Frank Gehry © Duccio Malagamba © Christian Richters Image from franparente's Instagram page. Image © franparente + 13

Light Matters: pode a luz "trapacear" nas renderizações?

Recentemente, o uso do CAD e dos programas de renderização resultou em um entendimento novo da luz na arquitetura. Prancheta e luminária deram lugar à tela iluminada do computador. Como resultado, a concepção da arquitetura envolve a luz desde o primeiro clique. Na visualidade, os espaços luminosos predominam.

Isso, no entanto, levanta uma questão: a luminosidade (parte integrante das composições perfeitas renderizadas) tornou-se mais importante que a engenharia e a própria concepção arquitetônica? Com o destaque da relação de claros e escuros, sombras, contrastes e brilho, pode a iluminação na realidade obscurecer as simulações realistas?

Mais em Light Matters, a seguir…

Porque a arquitetura tem que ouvir suas mulheres esquecidas

Cortesia de Women in Architecture, via Metropolis Mag
Cortesia de Women in Architecture, via Metropolis Mag

Publicado por Alexandra Lange originalmente na Metropolis Magazine como "Architecture's Lean In Moment."

"As mulheres são os fantasmas da arquitetura moderna, sempre presentes, cruciais, mas estranhamente invisíveis", escreveu a historiadora Beatriz Colomina em "With, Or Without You", ensaio do catálogo de 2010 do museu de Arte Moderna: Modern Women. "A arquitetura é altamente colaborativa, mais como a cinematografia do que a arte visual, por exemplo. Mas ao contrário dos filmes, isto é raramente reconhecido".

Colomina prossegue, registrando a história das mulheres esquecidas do modernismo, reconhecidas, quando muito, por ter trabalhado "com" Mies van der Rohe, Le Corbusier, Alvar Aalto, ou Charles Eames. Para se colocar no lugar de Lilly Reich, Charlotte Perriand, e Aino Aalto, simplesmente assista o casal Eames no Home Show em 1956, quando Ray é apresentada indignamente como a "mulher hábil por trás de Charles", que entra após ele gracejar com a apresentadora Arlene Francis.

Neste semestre, esses fantasmas voltaram para nos assombrar: Arielle Assouline-Lichten, estudante da Faculdade de Design de Harvard, divulgou trechos de uma entrevista com Denise Scott Brown no qual ela menciona a própria omissão do Prêmio Pritzker do parceiro Robert Venturi em 1991. "Me devem não um Prêmio Pritzker, mas sim uma cerimônia de inclusão no Pritzker", Scott Brown diz. "Saudemos a noção de trabalho colaborativo".

Leia mais a seguir...

ReciproBoo: abrigo emergencial de bambu

Após grandes desastres naturais, as organizações de apoio sempre se vêem frente ao desafio de fornecer, rapidamente, abrigo a milhares de pessoas. A solução óbvia é a construção de tendas de acampamento, que nem sempre existem em número suficiente. No Haití, quando as fortes chuvas seguiram o terremoto, os abrigos improvisados foram destruídos e removidos. A resposta de Shaun Halbert a este problema é o ReciproBoo: um kit de construção que permite erguer abrigos quase que instantaneamente.

Mais informações e imagens a seguir.

© Reciproboo © Reciproboo © Reciproboo © Reciproboo + 12

Concurso Internacional "Baltic Sea Art Park"

“O Museum of New Art, em cooperação com a União de Arquitetos da Estônia e o Governo da Cidade de Pärnu, anunciaram o Concurso Internacional de Arquitetura para o projeto do Baltic Sea Art Park em Pärnu. O objetivo do concurso é encontrar a melhor proposta arquitetônica e urbanística para o futuro desenvolvimento do Parque das Artes dos países do Mar Báltico. A data limite das entregas é dia 10 de Outubro de 2013. O prêmio total é de 12.000 euros.”

A idea do arquiteto Jaak Huimerind era que os pavilhões fossem navios ou embarcações. De acordo com os termos do concurso os pavilhões flutuantes serão construídos como estruturas móveis, de modo que poderão ser levados a Talvesadam durante o inverno rigoroso.

Mais detalhes depois na continuação.

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.