Pinacoteca de São Paulo ganhará novo edifício e se tornará um dos maiores museus da América Latina

Pinacoteca de São Paulo ganhará novo edifício e se tornará um dos maiores museus da América Latina

Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)+ 7

O Governo de São Paulo anunciou o início das obras da Pinacoteca Contemporânea, o novo prédio da Pinacoteca de São Paulo. Somado à Pinacoteca Luz - edifício que rendeu diversos prêmios a Paulo Mendes da Rocha - e a Pinacoteca Estação, o conjunto da Pinacoteca de São Paulo se tornará em área e capacidade de público, um dos maiores museus de arte da América Latina.

Segundo o Governo de São Paulo, a Pina Contemporânea terá duas galerias preparadas para exposições, com obras de diversos portes, e um centro para atividades socioeducativas. A Biblioteca da Pinacoteca de São Paulo e o Centro de Documentação do Museu, que hoje estão no prédio da Pinacoteca Estação, serão transferidos para duas amplas salas. O espaço também terá uma área de serviços, com restaurante, loja e espaços comuns para livre circulação do público. E o Jardim da Arte, que conecta o prédio da Luz com o novo edifício.

Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)

No projeto, estão mantidos os volumes arquitetônicos dos dois blocos de edifícios já existentes no terreno. Conectando esses dois blocos, haverá uma grande praça pública coberta, com 1.339,2 m2. Os antigos pavilhões serão restaurados e seus espaços internos reorganizados, de modo a adaptá-los para o novo uso. Um subsolo e um mezanino complementam a proposta. A intenção foi criar um ambiente com todos os requisitos fundamentais para um museu do século XXI, mas que também fosse amigável, inclusivo, acessível e integrado ao parque da Luz e ao edifício da Pinacoteca Luz. O projeto é assinado pelo escritório Arquitetos Associados - estúdio sediado em Belo Horizonte com ampla experiência em projeto de galerias, assinando diversos pavilhões em Inhotim, e também responsáveis pela curadoria do Pavilhão do Brasil na última Bienal de Arquitetura de Veneza: "Utopias da vida comum" -, com a colaboração de Silvo Oksman, do Metrópole Arquitetos.

Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)

O atual diretor-geral da instituição, Jochen Volz, afirmou que "com as novas galerias, o museu terá mais espaço e flexibilidade para expor as mais de 10 mil obras da sua coleção, inclusive aquelas de grande porte. Além de receber obras de artistas internacionais, reafirmando a missão da Pinacoteca de ser um museu de arte brasileira em diálogo com as culturas do mundo”.

 A previsão de inauguração é novembro de 2022.

Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)
Render do Projeto da Pinacoteca Contemporânea (Foto: Divulgação)

Para mais informações, consulte a matéria realizada pelo Portal do Governo de São Paulo.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "Pinacoteca de São Paulo ganhará novo edifício e se tornará um dos maiores museus da América Latina" 25 Nov 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/972542/pinacoteca-de-sao-paulo-ganhara-novo-edificio-e-se-tornara-um-dos-maiores-museus-da-america-latina> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.