SOM projetará vila olímpica para os jogos de Milão Cortina 2026

SOM projetará vila olímpica para os jogos de Milão Cortina 2026

Após concurso internacional envolvendo 71 escritórios de arquitetura de 9 países diferentes, os arquitetos da Skidmore, Owings & Merrill foram selecionados para projetar a Vila Olímpica para os jogos de Milão Cortina 2026. O projeto faz parte do masterplan do Pátio Ferroviário de Porta Romana e criará um novo centro de atividades na região, buscando o mínimo impacto ambiental. O projeto autossuficiente contará com espaços residenciais, comerciais e públicos, que mudam de configuração a partir do evento olímpico.

© SOM | Pixelflakes© SOM | Pixelflakes© SOM | Pixelflakes© SOM+ 5

A Vila Olímpica transformará o distrito de Porta Romana em um centro urbano focado na comunidade, oferecendo um novo e poderoso modelo de instalações para atender a projetos sociais pós-olímpicos. O projeto inclui espaços verdes públicos, a transformação de duas estruturas históricas e seis novos prédios residenciais que abrigarão temporariamente atletas olímpicos. Após as Olimpíadas, as casas dos atletas serão usadas como alojamentos estudantis, o parque e os prédios ao lado da ferrovia serão reutilizados como moradias populares e a Praça da Vila Olímpica se tornará uma praça pública, com espaços comerciais, mercados ao ar livre e instalações de hospitalidade.

© SOM | Pixelflakes
© SOM | Pixelflakes

Em vez de deixar de ser útil após as Olimpíadas, a Vila Olímpica de Porta Romana se tornará um bairro vibrante e autossustentável, construído em torno dos princípios de equidade social, compromisso ambiental, bem-estar e inclusão. A vila adota o ritmo da paisagem urbana da área, criando um bloco urbano poroso com uma variedade de espaços públicos que realçarão o vibrante tecido urbano de Milão. – Colin Koop, SOM Design Partner

O projeto arquitetônico dos edifícios é inspirado nos prédios históricos de Milão, com materiais contemporâneos e terraços comuns. Esses terraços servem como pontes entre os edifícios, acolhendo os ocupantes para socializar ou estudar ao ar livre. A vegetação vertical foi adicionada à fachada para contribuir com a resiliência climática do bairro, fornecer sombra, bem como criar espaço para fazendas urbanas que permitem a produção de alimentos no local.

© SOM | Pixelflakes
© SOM | Pixelflakes

A vila cumprirá os requisitos NZEB (Edifício com Energia Quase Zero) para garantir a consciência ecológica do projeto, que oferece estratégias de resfriamento passivo, painéis solares e jardins na cobertura que garantem que mais de 30% da energia seja produzida no local. A água da chuva também será coletada no local e reutilizada. Os novos edifícios empregam materiais sustentáveis, como estrutura de madeira maciça para os edifícios residenciais e baixo carbono incorporado para os materiais de fachada.

© SOM
© SOM

O masterplan foi desenvolvido pela COIMA SGR e seus parceiros, em colaboração com a Fundação Milano Cortina, a Prefeitura de Milão e a Região da Lombardia. A construção da Vila Olímpica está programada para ser concluída em julho de 2025.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "SOM projetará vila olímpica para os jogos de Milão Cortina 2026" [SOM to Design Convertible Self-Sufficient Milan-Cortina Olympic Village] 23 Jul 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Martino, Giovana) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/965331/som-projetara-vila-olimpica-para-os-jogos-de-milao-cortina-2026> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.