Corpos no espaço da cidade - um diálogo e vivência em Presidente Prudente

Corpos no espaço da cidade - um diálogo e vivência em Presidente Prudente

oficina | corpos no espaço da cidade
um diálogo e vivência em Presidente Prudente

Amanda Rosin
Paula Santoro
Larissa Lacerda

Convidadas
Didiana Helene, Jacqueline Moraes Teixeira, Quilombo de Dandará por Alli Black e Fabiana

01 – 08 – 15 – 22 | abril | 2021
quintas – 10h ao 12h30

*interesse de vagas aberto no dia 25 de março.

Como mediadora Amanda Rosin, arquiteta e urbanista formada pela FCT UNESP [2019] e mestranda do PPGAU no IAU-USP. É certificada no curso de Communication, Design and Innovation pela California State University Northiridge - CSUN. Estuda os temas gênero, planejamento e mobilidade urbana.

Larissa Lacerda é cientista social formada pela FFLCH - USP e mestra em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR - UFRJ. Atualmente, é doutoranda no departamento de Sociologia, da FFLCH - USP, pesquisadora do Grupo Cidade e Trabalho e do LabCidade FAU USP, onde integra o grupo de pesquisa Cidade, Gênero e Interseccionalidades.

Paula Santoro é arquiteta urbanista e professora formada pela FAUUSP [1997] onde leciona as disciplinas de Planejamento Urbano do Depto. de Projeto da mesma instituição. Atualmente coordena projeto observaSP junto ao LabCidade FAUUSP e coordena grupo de pesquisa CNPq envolvendo pesquisadores do LabCidade FAUUSP, Praxis e Indisciplinar da UFMG e Lugar Comum da UFBA. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: Plano Diretor, Planejamento Territorial, Meio Ambiente, Urbanismo, Plano Urbano, Gestão Social da Valorização da Terra, Mobilidade Urbana, espaço público/ comum.

O projeto se manifesta pela premiação da Lei Aldir Blanc - EDITAL N° 007/2020 na cidade de Presidente Prudente – SP, adaptado para o modo remoto, por conta da pandemia da Covid-19.

Justificativa
A cidade não é feita a partir do ser não normativo, mas sim pela normatividade imposta por um “cishéteropatriarcado” segundo Carla Akotirene, que constrói, concebe e fundamenta a nossa sociedade e o espaço no qual ela se insere. Assim entender aspectos de raça, classe, gênero e interesccionalidade é fundamental para repensar, e construir outros olhares sobre os demarcadores de territórios da cidade.

Portando o curso ao envolver aulas introdutórias e conceituais, discussão acerca da prostituição e demarcações de grupos que lutam e resistem por se reconhecerem, demarcarem e performar na cidade é um meio de expressão e vivência no espaço urbano. Com um ensejo de trazer a reflexão e ação para Presidente Prudente – SP é de fundamental importância os participantes trazerem suas experiências e compartilharem, como um local de troca e acolhimento.

Objetivo
O curso visa compreender as dimensões dos corpos não normativos no espaço público, a partir da introdução de conceitos de gênero, e corpos de acordo com Judith Butler, além do reconhecimento dos territórios demarcáveis na cidade e onde se expressam como forma de acolhimento e resistência. Portanto, esses 4 módulos se inserem em um contexto de grande reflexão, afirmação e reconhecimento do ser, que no caso se dá no interior do estado de São Paulo, que é sempre reprimido ou adequado para que se encaixe na sociedade.

Data
8,15, 22 e 29 de abril – quintas feiras – das 10h ao 12h00

*as aulas depois serão arquivadas no youtube da escola
**terá certificado de participação ao final do curso com75% de presença

Programação
08 abr, qui, 10h-12h | Aula 1 – Introdução conceitos gênero e interseccionalidades

15 abr, qui, 10h-12h | Aula 2 – Vivência dos corpos, performatividade em Butler
convidada Jacqueline Moraes Teixeira

22 abr, qui, 10h-12h | Aula 3 – Territórios demarcáveis e os territórios da prostituição
convidada Didiana Helene

29 abr, qui, 10h-12h | Aula 4 – Territórios de afetos e resistência
convidada quilombo de Dandara por Alli Black e Fabiana Alves

Investimento
25 vagas gratuitas
Com confirmação das vagas seguindo a lista de interesse.
O conteúdo permanecerá gravado no canal da EAG https://www.youtube.com/channel/UCCmNCGGdnESLHRq7a10-Dxg

Público alvo
alunos a partir de 17 anos, com busca de conhecimento, compartilhamento de experiências e profissionais e pesquisadores da área.

Inscrições
https:/escolaabertanogalpao.com/corposnoespacodacidade

Local
google meet

Informações
contato@escolaabertanogalpao.com
amandarosin.o@gmail.com

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Corpos no espaço da cidade - um diálogo e vivência em Presidente Prudente" 25 Mar 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/959090/corpos-no-espaco-da-cidade-um-dialogo-e-vivencia-em-presidente-prudente> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.