Pagina inicial

Conheça a história por trás da nova identidade da nossa marca

Saiba mais

Grelhas estruturais em casas brasileiras: ordem e eficiência

Grelhas estruturais em casas brasileiras: ordem e eficiência

Casa Pipa / Bernardes Arquitetura. Imagem @Ruy TeixeiraCasa Grelha / FGMF. Imagem @Alexandre SchneiderCasa Jardim do Sol / Hype Studio. Imagem @Marcelo DonadussiCasa Flamboyant / Perkins+Will. Imagem @Nelson Kon+ 24

O tramado ortogonal é a manifestação de um princípio de ordem, condição reforçada pela repetição de elementos que expressam a racionalidade construtiva incorporada a um sistema estético. Há também a liberdade enaltecida pela desvinculação entre estrutura e paredes que, aliada à eficiência pragmática, faz com que as grelhas estruturais se mantenham presentes nas construções de diferentes escalas no Brasil e no mundo.

Em uma linguagem técnica, as grelhas são compostas por estruturas lineares, no caso vigas, situadas em um mesmo plano por meio do qual formam uma malha capaz de resistir a cargas estruturais. Geralmente, são vistas com espaçamentos regulares cruzados em ângulos retos que variam em dimensões conforme o material utilizado.

A escolha pela estrutura em grelha auxilia não apenas na eficiência e rapidez da obra, facilitando inclusive sua legibilidade, mas também se torna o elemento determinante na composição e distribuição dos espaços internos. Por meio desse “ordenamento estrutural” é possível criar composições entre cheios e vazios que enaltecem a estrutura escolhida e organizam as atividades programáticas.

Quando se fala em residências construídas por meio de grelhas estruturais, a Casa Grelha do FGMF é, sem dúvidas, um dos exemplos brasileiros mais conhecidos. A solução estrutural que dá nome ao projeto favorece a relação direta entre edificação e paisagem natural, respeita a inclinação do terreno e ainda reforça a privacidade entre os diferentes moradores da residência.

Casa Grelha / FGMF. Imagem @Alexandre Schneider
Casa Grelha / FGMF. Imagem @Alexandre Schneider

Assim como os próprios arquitetos a descrevem, a “grelha estrutural em madeira, com módulos de 5,5×5,5x3m, é suspensa sobre esse núcleo de acessos, conectando os caminhos existentes e criando outros novos. Assim, a estrutura-ponte é atravessada de três formas: por cima (pelo teto-jardim que é uma continuidade do terreno), por baixo (através de um jardim com espelho d’água e pedras naturais) e pelo meio da casa (através de uma circulação externa coberta). Essa grelha possui módulos ora ocupados por ambientes fechados, ora totalmente vazados, permitindo que as árvores do jardim atravessem a estrutura”.

Casa Grelha / FGMF. Plantas
Casa Grelha / FGMF. Plantas

O programa, por sua vez, é distribuído em um jogo de cheios e vazios onde os últimos servem também para exaltar a continuidade estrutural e valorizar os vãos onde o jardim se faz presente.

Casa Grelha / FGMF. Imagem @Alexandre Schneider
Casa Grelha / FGMF. Imagem @Alexandre Schneider

Já na Casa Flamboyant, de Perkins+Will, construída em São Paulo, o método estrutural em grelha de madeira reciclada foi escolhido para servir como elemento integrador entre as áreas comuns, respeitando a vegetação e as árvores existentes no terreno, principalmente o Flamboyant. Segundo os arquitetos, “o desenho desta estrutura somente foi possível graças ao mapeamento tridimensional do início do processo, pois assim, as dimensões e alturas da grelha foram definidas para reduzir ao máximo o impacto a paisagem”.

Casa Flamboyant / Perkins+Will. Imagem @Nelson Kon
Casa Flamboyant / Perkins+Will. Imagem @Nelson Kon
Casa Flamboyant / Perkins+Will. Plantas
Casa Flamboyant / Perkins+Will. Plantas

Além da madeira, o aço também é um material muito usual quando se fala em grelhas estruturais. Um interessante exemplo brasileiro é a Casa Jardim do Sol, do Hype Studio, construída em Porto Alegre/RS. Nela, a grande grelha metálica branca se prolonga por cima de todo o pátio central ampliando a conexão entre interior e exterior, já que, os módulos de 190x190cm estão visíveis por toda a casa, ora vedados com vidro, como no caso do pátio, ora vedados com madeira, como nas partes interiores. Essa estrutura da casa, inteiramente feita em aço, torna possível a criação de pilares e vigas extremamente esbeltos e com vãos de grandes dimensões, liberando estruturalmente os espaços internos.

Casa Jardim do Sol / Hype Studio. Imagem @Marcelo Donadussi
Casa Jardim do Sol / Hype Studio. Imagem @Marcelo Donadussi
Casa Jardim do Sol / Hype Studio. Plantas
Casa Jardim do Sol / Hype Studio. Plantas

Enaltecendo a qualidade técnica do sistema estrutural em grelha, a Casa Pipa, “desenvolvida como um protótipo pela Bernardes Arquitetura, em parceria com a construtora Laer Engenharia e um casal de empresários - que queriam um produto que poderia ser replicado e vendido para outros clientes - gera uma experiência de obra rápida, com garantia de prazos, eficiência energética e controle tecnológico."

Casa Pipa / Bernardes Arquitetura. Imagem @Ruy Teixeira
Casa Pipa / Bernardes Arquitetura. Imagem @Ruy Teixeira

Esta casa foi projetada visando a eficiência construtiva por meio de um sistema industrializado que permitiu rápida execução e baixa produção de resíduos. Segundo os próprios arquitetos, “seu sistema estrutural em madeira laminada colada de eucalipto torna a casa adaptável ao terreno, permitindo sua reprodução em diversos tipos de declividade, ao mesmo tempo em que proporciona grande diversidade compositiva e a possibilidade de diferentes acabamentos”.

Casa Pipa / Bernardes Arquitetura. Imagem @Ruy Teixeira
Casa Pipa / Bernardes Arquitetura. Imagem @Ruy Teixeira

Ao revisitar esses exemplos percebemos como o uso das grelhas estruturais agregam uma série de atributos ao projeto arquitetônico, não somente estéticos, mas também de racionalidade, eficiência construtiva e organização espacial.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Camilla Ghisleni. "Grelhas estruturais em casas brasileiras: ordem e eficiência " 23 Jan 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/955471/grelhas-estruturais-em-casas-brasileiras-ordem-e-eficiencia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.