Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto contempla um extenso programa para um pequeno lote situado no núcleo antigo de Odemira. O imóvel original estava devoluto, em mau estado de conservação e tinha dois espaços comerciais disfuncionais. A criação de uma habitação para um agregado de 4 pessoas, incluindo garagem e pátio exterior e a criação de um espaço autónomo para a instalação de atelier, contribuem para a revitalização e diversificação das funções urbanas. Existindo uma das paredes-meias em alvenaria de pedra em bom estado de conservação, optou-se por preservar essa parede centenária, sendo o único elemento do edifício original que foi mantido. Nos revestimentos exteriores são adotados materiais reconhecidos da arquitetura vernacular, como é o caso da telha cerâmica, das caixilharias de madeira ou dos rebocos à base de cal. Os alçados têm um embasamento mais opaco, sendo ocultado todo o ruído da fachada, tal como caixas técnicas e portão de garagem, e a cor que unifica todo o piso térreo dá a percepção de menor altura da fachada. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar