Ampliar imagem | Tamanho original
O Instituto Tomie Ohtake, com o apoio da AkzoNobel, divulgou hoje os três projetos premiados na sétima edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. No total, foram 246 inscrições, provenientes de 14 estados brasileiros e Distrito Federal. Entre os selecionados, cujas obras farão parte também de um do catálogo, há projetos localizados no Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Ilha de Rei George na Antártica.  A seleção foi feita por um júri formado pelos arquitetos Diego Mauro, Elisabete França, Fernando Túlio, Juliana Braga e Pedro Varella. O anúncio, realizado via vídeo nas redes sociais do Instituto, inaugura também a exposição dos 13 selecionados nesta sétima edição. Com o apoio da Japan House São Paulo, os três premiados realizarão viagens ao Japão para conhecer de perto a tradição arquitetônica do país. A parceria promoveu ainda uma troca de correspondências sobre arquitetura, série que uniu uma das vocações dos dois centros culturais sobre as produções brasileira e japonesa, durante os meses de junho e julho, nas redes sociais de ambas instituições.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar