Grande Prêmio Grandjean de Montigny - 5ª edição

Grande Prêmio Grandjean de Montigny - 5ª edição

O edital do Grande Prêmio Grandjean de Montigny CAU/RJ 2020 já está disponível! O vencedor deste ano será premiado com viagem de estudo a um país latino-americano, além de R$ 7 mil para ajuda de custos. Os autores dos projetos classificados em 2º e 3º lugares receberão R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente, para viagem de estudos. O resultado será anunciado na Festa do Dia do Arquiteto e Urbanista, no dia 15 de dezembro. Devido à pandemia da Covid-19, o evento será online, com transmissão ao vivo pelo Youtube do CAU/RJ. Mais detalhes sobre a programação serão divulgados em breve.

Como em anos anteriores, concorrerão ao Grande Prêmio Grandjean de Montigny os trabalhos agraciados em primeiro lugar no 37º Prêmio Arquiteto do Amanhã. Promovido pelo Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ), o Arquiteto do Amanhã é composto por oito categorias: Arquitetura de Edificações; Arquitetura de equipamentos culturais; Patrimônio cultural, restauro e Transformação de uso de Edificações; Tecnologia e inovação na arquitetura; Produção Teórica; Urbanismo e Paisagismo; Habitação de Interesse Social; e Impacto Metropolitano.

As inscrições do 37º Prêmio Arquiteto do Amanhã do IAB-RJ estão abertas até 19 de novembro. O concurso é dividido em duas etapas. Para a primeira, não há taxa de inscrição. Na segunda etapa, a taxa é de R$ 60. A participação no prêmio é exclusiva para associados do Departamento. O participante pode concorrer ao prêmio individualmente ou em equipe, com até um trabalho em cada categoria. Para participar do Prêmio Arquiteto do Amanhã, leia o edital e preencha formulário online disponíveis no site do IAB-RJ: www.iabrj.org.br

Criado em 2016 pela Comissão de Ensino e Formação do CAU/RJ, o Grande Prêmio Grandjean de Montigny tem como objetivo valorizar o ensino e os trabalhos acadêmicos produzidos nos cursos de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio de Janeiro. Até agora, todas as edições foram vencidas por arquitetas e urbanistas. Adara Nataly recebeu o prêmio em 2016, com o projeto “Manguinhos submerso – Operação Urbana”. Em 2017, foi a vez de Juliana Nunes, com o projeto Complexo Cultural de Alcântara: Biblioteca como catalizador de mudanças sociais e urbanas em São Gonçalo. A terceira edição foi conquistada por Thais Iendrick, com “OVO / Gastronomia com Origem – Uma Escola de Ecogastronomia em Botafogo”. E a vencedora da última edição foi Alyne Bell da Silva, com Da Paz à Luz – Nova Biblioteca para o Instituto Benjamin Constant.

Clique aqui para baixar o edital

Esta divulgação de prêmio/bolsa de estudos foi enviado por um leitor do ArchDaily. Se você quer enviar um concurso, chamada de trabalhos ou outra "oportunidade" por favor, use o formulário "Enviar divulgação de prêmio/bolsa de estudos". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Grande Prêmio Grandjean de Montigny - 5ª edição" 18 Nov 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/951669/grande-premio-grandjean-de-montigny-5a-edicao> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.