Ampliar imagem | Tamanho original
Liderado por Khensani de Klerk e Solange Mbanefo, Matri-Archi é um coletivo com sede na Suíça e África do Sul que visa aproximar e empoderar mulheres para a educação espacial e o desenvolvimento das cidades africanas. Por meio da prática projetual, textos, podcasts e outras iniciativas, Matri-Archi se dedica ao reconhecimento e à capacitação das mulheres no campo espacial e na indústria da arquitetura.  O ArchDaily teve a oportunidade de conversar com as codiretoras do coletivo sobre temas como espaço hegemônico, arquitetura informal, tecnologia, idiossincrasias locais e o futuro das cidades africanas e globais. Acompanhe a entrevista a seguir. ArchDaily: Vocês frequentemente falam sobre um Espaço Interseccional e a necessidade dele para alcançar um desenvolvimento progressivo na África. Poderiam falar sobre este espaço interseccional? Como podemos catalisá-lo? Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar