Ampliar imagem | Tamanho original
Quando projetou o Pavilhão Nórdico em Veneza, Sverre Fehn incorporou elementos arquitetônicos nórdicos de formas pouco usuais. Possivelmente o que mais chama atenção no edifício seja sua cobertura laminar de concreto branco, que é rompida por árvores, barrando os raios solares e filtrando a luz. Dependendo do ângulo, as lâminas permitem visualizar as cores do céu e a copa das árvores, trazendo um dinamismo à cobertura no percurso pelo edifício. De fato, a utilização de lâminas em fachadas, paredes e coberturas é uma tradição que provém da arquitetura nórdica e tem se espalhado pelo mundo. Neste artigo abordaremos alguns exemplos de emprego dessa solução, as possibilidades e as melhores formas de amplificar o efeito.  As ripas ou lâminas de madeira geralmente atuam como uma segunda camada à fachada, como um revestimento externo, que pode ser funcional e estético. Os diversos arranjos possíveis da madeira acrescentam calor, aconchego e sofisticação à edificação, além de possibilitarem criar ritmo e até definir volumes e abranger partes opacas e transparentes da edificação.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar