Ampliar imagem | Tamanho original
Compreender a relação entre o corpo e o espaço é fundamental para propor as mais diversas experiências que a arquitetura pode proporcionar. Para refletir sobre distintas escalas que abrangem o ofício do arquiteto, do edifício construído ao mobiliário, entrevistamos Marcelo Ferraz, sócio fundador do Brasil Arquitetura e da Marcenaria Baraúna. Aqui, sua perspectiva e experiência ilustram como o corpo e os símbolos que ele carrega em si são fundamentais no momento de pensar o projeto independentemente de sua escala.  Outras reflexões sobre o tema do conforto, a importância perante o respeito às diferenças culturais e a prática no projeto de arquitetura e mobiliário são algumas das questões colocadas para o arquiteto, que em sua trajetória - assim como Lina Bo Bardi, com quem colaborou de 1977 a 1992 - trabalhou com as mais distintas escalas, apresentando um conjunto de obra que propicia diferentes abordagens no espaço em relação aos usuários.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar