Série de fotografias explora o brutalismo das habitações coletivas na Europa

Série de fotografias explora o brutalismo das habitações coletivas na Europa
Edificio Residencial en Paderno Dugnano (1990, Milán, Italia). Image © Stefano Perego
Edificio Residencial en Paderno Dugnano (1990, Milán, Italia). Image © Stefano Perego

Torre Genex, Mihajlo Mitrović (1977-1980, Belgrado, Serbia). Image © Stefano PeregoComplejo Rozzol Melara, Carlo Celli, Luciano Celli y Dario Tognon (1969-1982, Trieste, Italia). Image © Stefano PeregoEdificios Orpheus & Eurydike, Jürgen Freiherr von Gagern, Peter Ludwig y Udo von der Mühlen (1971-1973, Munich, Alemania). Image © Stefano PeregoComplejo de Viviendas, Otar Kalandarishvili y G. Potskhishvili (1974-1976, Tiflis, Georgia). Image © Stefano Perego+ 21

Embora haja uma certa indefinição teórica quanto aos limites e ao alcance do termo "brutalista", existem certas constantes sobre seus parâmetros estéticos que nos permitem estabelecer uma linha de análise relativamente concreta. Nestes termos, os edifícios pertencentes ao brutalismo - um estilo do Movimento Moderno que atravessou seu boom entre os anos 1950 e 70 - são caracterizados por sua verdade construtiva - mostrando e evidenciando o material que compõe a arquitetura, assim como sua lógica construtiva e estrutural - a geometria de suas formas e a rugosidade das superfícies. O concreto armado aparece como o material principal de escolha e tanto as texturas geradas pelas formas de madeira bruta, quanto as incorreções do concreto não são mais cobertas com reboco ou tinta, mas exibidas deliberadamente como escolha de evidenciar os processos de construção.

Em seu livro "Brutalismo na Arquitetura: Ética ou Estética", Reyner Banham estabelece o que, segundo ele, foi um dos momentos-chave na definição da raiz semântica do termo Brutalismo "há um fato arquitetônico indiscutível: a obra concreta de Le Corbusier, a Unidade de Habitação de Marselha. E se há uma fórmula verbal simples que tornou o conceito de Brutalismo admissível em muitas línguas do mundo ocidental, é que o próprio Le Corbusier descreveu este trabalho como "Béton brut" (concreto "bruto", aparente). Termo e edifício assim surgem juntos".

Outra definição que pode ser resgatada sobre este estilo, é a enunciada pelos arquitetos e urbanistas Alison e Peter Smithson, transcrita no citado livro de Banham: "O brutalismo tenta ser objetivo diante da realidade, dos objetivos culturais da sociedade, suas exigências, técnicas, etc. O brutalismo confronta uma sociedade de produção em massa e tira uma poesia dura das forças confusas e poderosas com as quais trabalha (...) Até agora, o brutalismo tem sido discutido estilisticamente, no entanto sua essência é ética".

Buscando rastrear a influência brutalista na arquitetura da Europa, o fotógrafo Stefano Perego trabalhou na documentação de algumas obras com programas residenciais - habitação coletiva, torres, edifícios, complexos e conjuntos habitacionais - que fazem parte deste legado arquitetônico brutalista. A seguir, conheça vinte obras construídas em várias regiões da Europa.

Unité d’Habitation de Berlim, Le Corbusier

  • Ano: 1957-1959
  • Localização: Berlim, Alemanha

Unité d’Habitation de Berlín, Le Corbusier (1957-1959, Berlín, Alemania). Image © Stefano Perego
Unité d’Habitation de Berlín, Le Corbusier (1957-1959, Berlín, Alemania). Image © Stefano Perego

Edifício residencial, Renaat Braem

  • Ano: 1960-1965
  • Localização: Antuérpia, Bélgica

Edificio residencial, Renaat Braem (1960-1965, Amberes, Bélgica). Image © Stefano Perego
Edificio residencial, Renaat Braem (1960-1965, Amberes, Bélgica). Image © Stefano Perego

Torres Brancas, Francisco Javier Sáenz de Oiza

  • Ano: 1961-1969
  • Localização: Madri, Espanha

Torres Blancas, Francisco Javier Sáenz de Oiza (1961-1969, Madrid, España). Image © Stefano Perego
Torres Blancas, Francisco Javier Sáenz de Oiza (1961-1969, Madrid, España). Image © Stefano Perego

Edifício residencial "La Nave", Leonardo Ricci

  • Ano: 1962-1970
  • Localização: Florença, Itália

Edificio residencial "La Nave", Leonardo Ricci (1962-1970, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego
Edificio residencial "La Nave", Leonardo Ricci (1962-1970, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego

Edifício residencial, Leonardo Saviol

  • Ano: 1962-1970
  • Localização: Florença, Itália

Edificio residencial, Leonardo Saviol (1962-1970, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego
Edificio residencial, Leonardo Saviol (1962-1970, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego

Complexo residencial em Karaburma, Rista Sekerinski

  • Ano: 1963
  • Localização: Belgrado, Sérvia

Complejo de viviendas en Karaburma, Rista Sekerinski (1963, Belgrado, Serbia). Image © Stefano Perego
Complejo de viviendas en Karaburma, Rista Sekerinski (1963, Belgrado, Serbia). Image © Stefano Perego

Edifício Residencial, Leonardo Savioli e Danilo Santi

  • Ano: 1964-1967
  • Localização: Florença, Itália

Edificio Residencial, Leonardo Savioli y Danilo Santi (1964-1967, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego
Edificio Residencial, Leonardo Savioli y Danilo Santi (1964-1967, Florencia, Italia). Image © Stefano Perego

Complexo Barbican Estate, Chamberlin, Powell and Bon

  • Ano: 1965-1976
  • Localização: Londres, Reino Unido

Complejo Barbican Estate, Chamberlin, Powell and Bon (1965-1976, Londres, Reino Unido). Image © Stefano Perego
Complejo Barbican Estate, Chamberlin, Powell and Bon (1965-1976, Londres, Reino Unido). Image © Stefano Perego

Conjunto Split level House, Atelier 40

  • Ano: 1966
  • Localização: Wuppertal, Alemanha

Conjunto Split level House, Atelier 40 (1966, Wuppertal, Alemania). Image © Stefano Perego
Conjunto Split level House, Atelier 40 (1966, Wuppertal, Alemania). Image © Stefano Perego

Edifícios Les Choux de Créteil, Gérard Grandval

  • Ano: 1969-1974
  • Localização: Créteil, França

Edificios Les Choux de Créteil, Gérard Grandval (1969-1974, Créteil, Francia). Image © Stefano Perego
Edificios Les Choux de Créteil, Gérard Grandval (1969-1974, Créteil, Francia). Image © Stefano Perego

Complexo residencial, Jean Renaudie e Renée Gailhoustet

  • Ano: 1969-1975
  • Localização: Ivry-sur-Seine, França

Complejo de viviendas, Jean Renaudie y Renée Gailhoustet (1969-1975, Ivry-sur-Seine, Francia). Image © Stefano Perego
Complejo de viviendas, Jean Renaudie y Renée Gailhoustet (1969-1975, Ivry-sur-Seine, Francia). Image © Stefano Perego

Complexo Rozzol Melara, Carlo Celli, Luciano Celli e Dario Tognon

  • Ano: 1969-1982
  • Localização: Trieste, Itália

Complejo Rozzol Melara, Carlo Celli, Luciano Celli y Dario Tognon (1969-1982, Trieste, Italia). Image © Stefano Perego
Complejo Rozzol Melara, Carlo Celli, Luciano Celli y Dario Tognon (1969-1982, Trieste, Italia). Image © Stefano Perego

Edifícios Orpheus & Eurydike, Jürgen Freiherr von Gagern, Peter Ludwig e Udo von der Mühlen

  • Ano: 1971-1973
  • Localização: Munique, Alemanha

Edificios Orpheus & Eurydike, Jürgen Freiherr von Gagern, Peter Ludwig y Udo von der Mühlen (1971-1973, Munich, Alemania). Image © Stefano Perego
Edificios Orpheus & Eurydike, Jürgen Freiherr von Gagern, Peter Ludwig y Udo von der Mühlen (1971-1973, Munich, Alemania). Image © Stefano Perego

Complexo Alexandra Road Estate, Neave Brown

  • Ano: 1972-1978
  • Localização: Londres, Reino Unido

Complejo Alexandra Road Estate, Neave Brown (1972-1978, Londres, Reino Unido). Image © Stefano Perego
Complejo Alexandra Road Estate, Neave Brown (1972-1978, Londres, Reino Unido). Image © Stefano Perego

Torres Aillaud, Émile Aillaud

  • Ano: 1973-1981.
  • Localização: Nanterre, Francia

Torres Aillaud, Émile Aillaud (1973-1981, Nanterre, Francia). Image © Stefano Perego
Torres Aillaud, Émile Aillaud (1973-1981, Nanterre, Francia). Image © Stefano Perego

Complexo residencial, Otar Kalandarishvili e G. Potskhishvili

  • Ano: 1974-1976
  • Localização: Tiflis, Georgia

Complejo de Viviendas, Otar Kalandarishvili y G. Potskhishvili (1974-1976, Tiflis, Georgia). Image © Stefano Perego
Complejo de Viviendas, Otar Kalandarishvili y G. Potskhishvili (1974-1976, Tiflis, Georgia). Image © Stefano Perego

Torre Genex, Mihajlo Mitrović

  • Ano: 1977-1980
  • Localização: Belgrado, Sérvia

Torre Atlas Tower, Groupe EGAU

  • Ano: 1978
  • Localização: Lieja, Bélgica

Torre Atlas Tower, Groupe EGAU (1978, Lieja, Bélgica). Image © Stefano Perego
Torre Atlas Tower, Groupe EGAU (1978, Lieja, Bélgica). Image © Stefano Perego

Complexo residencial "Pegli 3", Aldo Luigi Rizzo

  • Ano: 1980-1989
  • Localização: Genova, Itália

Complejo de Viviendas "Pegli 3", Aldo Luigi Rizzo (1980-1989, Génova, Italia). Image © Stefano Perego
Complejo de Viviendas "Pegli 3", Aldo Luigi Rizzo (1980-1989, Génova, Italia). Image © Stefano Perego

Edifício Residencial em Paderno Dugnano

Edificio Residencial en Paderno Dugnano (1990, Milán, Italia). Image © Stefano Perego
Edificio Residencial en Paderno Dugnano (1990, Milán, Italia). Image © Stefano Perego

Traduzido por Julia Daudén.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Maiztegui, Belén. "Série de fotografias explora o brutalismo das habitações coletivas na Europa" 15 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/949215/serie-de-fotografias-explora-o-brutalismo-das-habitacoes-coletivas-na-europa> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.